Na cidade

Os concelhos mais baratos para comprar e arrendar casa em Portugal

As casas mais acessíveis para compra encontram-se em Penedono (no distrito de Viseu) e para arrendar em Chaves (em Vila Real).
Tome nota.

Sabemos que encontrar a casa perfeita para comprar ou arrendar é, muitas vezes, uma tarefa inglória, não só, mas principalmente, pelos elevados preços que se praticam em ambos os casos. Um novo estudo do “Idealista”, publicado nesta terça-feira, 19 de abril, confirma que adquirir casa em Portugal “ficou 1,2 por cento mais caro no primeiro trimestre de 2022 face ao trimestre anterior”, com a mediana nacional de preços a fixar-se “nos 2.352€ por metro quadrado”.

Enquanto isso, “arrendar uma habitação no País encareceu 2,6 por cento” em relação ao mesmo período de 2021. Já “a renda mensal situou-se nos 990€ por mês, em termos medianos”, desde o início do ano.

A mesma pesquisa, contudo, também adianta quais os concelhos em que se concentram as casas mais baratas para comprar e arrendar casa. No que diz respeito ao primeiro campeonato, é o interior da região centro que se destaca, com o top 20 a ser composto por sete concelhos do distrito da Guarda, quatro de Viseu, três de Castelo Branco e três de Portalegre. Os distritos de Bragança, Coimbra e Santarém aparecem representados por um município cada.

“É mesmo no concelho de Penedono, no distrito de Viseu, que se encontram as casas para comprar mais baratas de todo o País, apresentando um preço mediano unitário de 305€ por metro quadrado — um valor quase oito vezes inferior à média nacional”, lê-se no estudo. Os especialistas destacam, igualmente, que este valor “está bem distante dos 5.130 euros por metro quadrado verificados no município de Lisboa [o máximo registado]”.

O pódio fica completo com os municípios de Fornos de Algodres, na Guarda; e de Vila Velha de Ródão, em Castelo Branco, onde comprar casa custa, respetivamente, 363€ e 389€ por metro quadrado, em termos medianos.

Caso opte por arrendar, saiba que “há uma maior dispersão geográfica entre os 20 concelhos com casas mais baratas para arrendar no primeiro trimestre de 2022. Isto porque estes municípios distribuem-se por 11 distritos do país, do interior ao litoral, passando até pela metrópole do Porto. São eles Castelo Branco, Viseu, Vila Real, Coimbra, Porto, Leiria, Portalegre, Bragança, Braga, Guarda e Santarém.

“A nível nacional, o município com o valor de arrendamento mensal mais baixo é Chaves [com uma renda média de 354 euros por mês]. Lousada, com um valor de arrendamento mensal de 467 euros, fecha o top 20 dos municípios mais baratos para arrendar casa”, referem os analistas.

Notam ainda que “a renda mediana das casas neste ranking é bem inferior à mediana nacional, de 990€/mês. Em concreto é, pelo menos, menos de metade deste valor, ou seja, inferior a 495€/mês”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT