Na cidade

Estes são os melhores destinos para acampar durante o outono em Portugal

Uma plataforma de reservas decidiu medir variáveis e determinar quais os melhores locais onde apostar.
É sempre uma aventura.

A maioria das pessoas associa uma experiência de campismo às férias de verão, mas na verdade a primavera e o outono costumam ser muito mais adequados: menos gente, preços mais em conta no caso de parques, clima normalmente mais ameno, natureza mais bonita quando está a mudar.

Este ano, para que não perca o outono que agora começou sem experimentar pelo menos uma vez voltar a acampar, o motor de pesquisa de casas de férias Holidu decidiu determinar quais os melhores destinos para puder experienciar a sensação de liberdade e contacto com a natureza, tão especial do campismo.

A plataforma criou, por isso, uma classificação dos 10 melhores destinos em Portugal para acampar nesta estação, com base na análise do número de opções de campismo disponível e na popularidade dos destinos no Google, bem como o numero médio horas de sol durante os meses de setembro a dezembro.

No fundo, para elaboração desta classificação foram analisadas as pesquisas mensais na Internet para o termo “camping” em Portugal. De seguida observou-se o número de propriedades deste tipo em cada região e por último foram consideradas o número médio de horas de sol nas regiões e identificados os dez melhores destinos para acampar nesta altura do ano.

Segundo os resultados apurados — que mostram as regiões ideais e não os locais, propriedades ou parques de campismo específicos —, o primeiro lugar não será uma surpresa: Faro ocupa o primeiro lugar como o melhor destino para acampar em Portugal nesta estação. A oferta, o clima, a natureza, as atrações, praias, vida noturna, trilhos de caminhada, a Ria Formosa por perto são tudo motivos válidos.

Nada surpreendente também, o ranking apontou o segundo lugar para o Gerês, um eterno favorito para campismo em Portugal, com 10260 pesquisas na internet. Durante o seu campismo esperam-lhe maravilhas como a vegetação luxuriante, rios, riachos e cascatas.

Lisboa surge em terceiro lugar, pelo acesso à natureza, horas médias de sol e atividades, de visitas ao castelo a passeios de barco pelo Tejo.

Quanto aos restantes dez lugares são por ordem, ocupados pelo Porto, Funchal, Leiria, Mira, Moncarapacho, Costa de Caparica e Aldeias de Xisto. Nesta lista, destaque para Moncarapacho, perto de Olhão, um destino desconhecido para a maioria mas que pode ser uma boa aposta fora da caixa: tem caminhadas, trilhos, igrejas, monumento e muita natureza.

Moncarapacho.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT