Na cidade

Os utilizadores do Twitter vão ter, finalmente, um botão de editar — mas só se pagarem

A nova funcionalidade que permite alterar tweets já está a ser testada, mas apenas para quem aderiu ao plano de subscrição.
Finalmente.

É o momento do ano para todos os utilizadores do Twitter que andam há anos a suplicar por um botão de editar — até porque ninguém gosta de passar vergonha nas redes sociais com erros ortográficos. A funcionalidade já chegou, mas não é para todos.

A rede social já começou a disponibilizar a função que permite editar tweets até meia hora após a publicação. Porém, por enquanto, só os utilizadores Blue — aqueles que pagam subscrição — terão acesso a esta funcionalidade. 

A informação foi avançada pela equipa do Twitter esta quinta-feira. “Se virem a expressão ‘tweet editado’ é porque estamos a testar um novo botão de editar”, lê-se na publicação. Ou seja, os tweets editados aparecem no feed com um ícone e um carimbo de hora e etiqueta, para que todos os leitores saibam que a publicação original foi modificada.

Apesar dos milhões de pedidos de uma função que permita editar as publicações, esta levanta algumas questões: “Sem parâmetros como limites temporais, controlo e transparência quanto ao que foi editado, a nova funcionalidade pode ser utilizada para alterar a forma como uma conversa se desenrola. A nossa principal prioridade é proteger a integridade da discussão pública”, explica Jay Sullivan, vice-presidente do departamento responsável pelo produto que chega aos consumidores.

Ainda assim, é bem provável que a nova funcionalidade atraia mais utilizadores para o programa de subscrição, que custa 5€. Os subscritores podem navegar na rede social sem publicidade e têm acesso a algumas ferramentas premium, como um leitor de tweets.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT