Na cidade

Parque de Campismo da Galé foi encerrado devido ao surto de coronavírus

Uma festa realizada nos feriados já causou pelo menos 20 infetados. Agora, o parque em Melides fecha portas por tempo incerto.
O Parque da Galé.

Numa altura em que a pandemia do novo coronavírus em Portugal parece estar longe do fim — com os números diários de infetados a rondar as três centenas e vários surtos a surgirem semanalmente —, chegou mais uma má notícia: na quarta-feira, 24 de junho, soube-se que uma festa, ocorrida nos feriados de junho no Parque de Campismo da Galé, perto de Melides, provocou um novo surto de infeção por Covid-19.

Os adolescentes de Setúbal, Lisboa e Pinhal Novo têm idades que vão dos 15 aos 20 anos e acamparam naquele parque entre os dias 10 e 14 de junho. Há pelo menos 20 infetados.

As autoridades de saúde de Grândola garantiram imediatamente que foram rastreados todos os contactos dos infetados, incluindo dos funcionários do parque que deram negativo. Já esta quinta-feira, soube-se no entanto que o Parque de Campismo da Galé, um dos mais populares da região, foi mesmo encerrado.

“Decidimos fechar o parque, mas já recebemos a ordem de encerramento, para rastrearmos todos os funcionários que estão nos bares, restaurante e no supermercado que possam ter tido algum contacto com pessoas infetadas, que possivelmente andaram pelos serviços”, explicou à agência Lusa Catarina Gomes, proprietária do parque de campismo da Galé, no concelho de Grândola, distrito de Setúbal.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT