Na cidade

Parques aquáticos vão poder reabrir a partir de 15 de junho

Porém, a situação de calamidade no País devido à pandemia de Covid-19 vai manter-se até ao final deste mês.
Porém, o Aquashow Park não vai abrir este ano.

O Aquashow Park, um dos parques aquáticos mais famosos do Algarve, não vai abrir este ano. Devido à pandemia de Covid-19, a direção decidiu que o espaço vai estar encerrado durante toda a época de 2020.

Contudo, esta terça-feira, 9 de junho, António Costa anunciou que foi aprovada a reabertura dos parques aquáticos do País já a partir da próxima segunda-feira, 15 de junho. De acordo com as medidas apontadas no Conselho de Ministros, continua a estabelecer-se como regra que os estabelecimentos que retomaram ou retomem a sua atividade não possam abrir antes das 10 horas. 

Os centros de explicações e as escolas de línguas foram outros setores apontados pelo governo para reabrirem na próxima semana. Tal como a NiT noticiou, reabrem também a 15 de junho os centros comerciais da Grande Lisboa – todos aqueles que não abriram no dia 1, altura em que começou a terceira fase de desconfinamento.

O primeiro-ministro ressalvou, no entanto, que a imposição do estado de calamidade, decretado a 3 de maio, vai continuar em vigor até ao final do mês de junho. O objetivo é prevenir, tendo em conta que nos próximos dias haverá feriados, festejos dos Santos Populares e reaberturas de fronteiras aéreas.

Com esta decisão, o governo pretende mostrar que é “importante transmitir a mensagem de que as medidas de confinamento não podem significar qualquer tipo de relaxamento quanto às regras de distanciamento, proteção individual e higienização”.

“Se continuarmos a evoluir positivamente como tem estado a acontecer, a nossa previsão é que a partir do próximo dia 1 de julho possamos fazer uma alteração do estado de calamidade para o estado de contingência e porventura, em algumas regiões, como o Algarve e o Alentejo, para a situação de mero estado de alerta”, disse António Costa.

O governo determina também que as atividades e espaços que permaneçam encerrados só devem reabrir quando houver uma orientação específica da Direção-Geral da Saúde (DGS) relativa ao seu funcionamento.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT