Na cidade

Já começaram os passeios de barco diários gratuitos entre o Alto Minho e a Galiza

O transporte estará, “de forma alternada, nos cais de embarque de Salvaterra e Tui". Até 20 de março encontra-o no segundo.
Fotografia: site hemisferios.org.

As distâncias entre o Alto Minho e a Galiza estão mais curtas desde o final de fevereiro, graças à estreia de passeios de barco diários e gratuitos entre os dois pontos. Estes chegam com a promessa de “panorâmicas fabulosas” de Monção, Valença (em Portugal), Salvaterra e Tui (em Espanha). É a concretização de “Rio Minho: Um Destino Navegável”, um projeto transfronteiriço anunciado oficialmente em novembro de 2021 com o objetivo de melhorar a navegabilidade deste curso de água.

Os novos trajetos ao longo do rio têm a duração de cerca de uma hora e, no momento, partem apenas dos municípios localizados no país vizinho. O motivo? Os cais das localidades nacionais envolvidas na iniciativa ainda não estão prontos. Contudo, o posto de turismo de Monção adiantou à NiT que os trabalhos já começaram e vão ser concluídos em breve.

Se não quiser esperar, pode sempre aproveitar a rota curta Eurocidade Valença—Tui. Arranca às 10h com receção do grupo no posto de turismo de Valença, à qual se segue uma visita guiada ao centro histórico, que inclui património edificado, militar e civil, além de núcleo museológico — museus e centro interpretativo. Haverá ainda tempo para conhecer o comércio local. Esta última atividade é a única com custos para o cliente, caso adquira algo. Posteriormente, o grupo será transportado até ao cais de Tui em comboio turístico.

Às 12h30, tem início o passeio de barco que percorre o rio Minho, durante o qual será possível apreciar as vistas para as localidades vizinhas e descobrir a importância que o curso de água tem para os dois municípios. De regresso ao cais, os passageiros são levados até ao posto de turismo da região e ficam com duas horas livres para explorar a zona até voltarem a juntar-se para a visita ao centro histórico e à Catedral (o preço começa nos 3€ para grupos de 15 a 20 pessoas). Às 19h30, é hora de regressar a Valença de autocarro.

A rota curta Eurocidade Tui—Valença realiza o percurso inverso e permite ainda explorar o casco histórico e a Capela de São Telmo da localidade espanhola. Todos os detalhes deste e outros trajetos estão no site da Hemisférios, onde pode garantir o seu lugar — para já, há apenas 15 disponíveis por vez. As inscrições também podem ser realizadas no próprio dia, nos quiosques informativos que se encontram, alternadamente, nos cais de embarque de Salvaterra e Tui.

O projeto, apoiado pelo Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal (POCTEP) em 1,3 milhões de euros, pretende, além da proteção do corredor ambiental, funcionar como “motor para o desenvolvimento de atividades náuticas” locais e resultar numa “aproximação da população local à zona ribeirinha”, contou ao “Público” Ana Paula Xavier, vereadora de Turismo e Ambiente da autarquia de Valença.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT