Na cidade

Esta plataforma ajuda-o a decidir o local de férias em função da situação epidemiológica

Utiliza um modelo que mostra o risco tendo em conta a probabilidade, suscetibilidade, perigosidade, vulnerabilidade e dano potencial.
Já vai poder viajar por Portugal de forma mais segura.

Com a plataforma EU4COVID escolher o próximo destino de férias em Portugal, ou a própria deslocação dentro do País tornou-se mais fácil. Este modelo criado no nosso País permite acompanhar a dispersão e evolução nacional do vírus SARS-CoV-2 e pode mesmo ajudar quem de direito a tomar medidas de controlo. O melhor de tudo é que a ferramenta é gratuita e de acesso público.

No site, terá acesso a informação sobre a dispersão e evolução do vírus, por região, em Portugal Continental. Esta iniciativa foi criada pela empresa portuguesa Winning, e permite ter uma análise diária, até 15 dias, com uma visão demográfica, complexa e dinâmica da dispersão da Covid-19 bem como um modelo do risco (probabilidade, suscetibilidade, perigosidade, vulnerabilidade e dano potencial). Na plataforma pode encontrar também as zonas com maior e menor risco, tudo num gráfico apresentado na página inicial.

Segundo explica a empresa, foi com base nesta disparidade geográfica do vírus entre as diversas regiões que a Winning decidiu estudar do ponto de vista científico a dispersão da pandemia a nível nacional de modo a poderem ser tomadas metidas mitigadoras que permitam a redução ou controlo da dispersão pandémica. Apresentou por isso uma candidatura ao Portugal 2020 e com a aprovação da mesma colocou a sua equipa do Porto a concretizar o projeto que agora ficou disponível.

“Este projeto tem um contributo científico decisivo para fazer face ao atual estado e para um combate mais eficaz e perentório à disseminação do vírus SARS-CoV-2. Caracteriza-se pelo avanço tecnológico, no sentido de estudar e conceber modelos de risco que possam responder às necessidades distintas das entidades de saúde públicas e privadas recorrendo a modelos, ainda nos dias de hoje, emergentes, e com uma elevada capacidade de inferência e predição científica”, adianta Jorge Correia, Sócio da Winning Scientific Management.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT