Na cidade

Portugal consome recursos a um ritmo alarmante, alertam organizações ambientais

Um novo estudo revela que se a Terra consumisse recursos como Portugal, os deste ano esgotar-se-iam já este sábado.
Temos que repensar a nossa vida

É uma constatação preocupante: se todos os países do planeta consumissem recursos como Portugal, os recursos para o ano estariam esgotados já a partir deste sábado, 7 de maio. Esta crescente “dívida ambiental” preocupa as organizações ambientais, que apelam a um maior cuidado.

Este dado, calculado pela organização internacional Global Footprint Network, revela que para satisfazer as necessidades dos portugueses, seriam necessários 2,5 planetas.

“Tal implicaria que a área produtiva disponível para regenerar recursos e absorver resíduos a nível mundial esgotar-se-ia no dia 7 de maio, seis dias mais cedo do que em 2021, cuja data foi a 13 de maio. A partir daí seria necessário começar a usar recursos naturais que só deveriam ser utilizados a partir de 1 de janeiro de 2023″, explica em comunicado a associação ambientalista Zero.

“Portugal é, há já muitos anos, deficitário na sua capacidade para fornecer os recursos naturais necessários às atividades desenvolvidas (produção e consumo). O mais preocupante é que dívida ambiental portuguesa tem vindo a aumentar”, acrescenta a Zero.

Há, no entanto, formas de pagarmos essa dívida, sobretudo olhando para os consumos mais significativos na pegada ecológica, o consumo de alimentos que corresponde a 32 por cento e a mobilidade, correspondente a 18 por cento.

Nesse sentido, a Zero apela à mudança de políticas como a da agricultura, na promoção do teletrabalho e na promoção de mercados sustentáveis. A nível individual, apelam a que seja possível reduzir a proteína animal na alimentação, bem como ao uso de meios de transporte sustentáveis.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT