Na cidade

Portugueses vão inaugurar maior Santuário de Fátima na Venezuela em 2022

A obra começou a ser erigida em 2008 e já se encontra numa fase final. Tem uma área de construção de 22.000 metros quadrados.
O Santuário de Fátima.

Vai nascer um Santuário de Fátima na Venezuela. A comunidade portuguesa de Carrizal, no estado venezuelano de Miranda, quer inaugurar, em outubro de 2022, a maior réplica local do santuário português, uma iniciativa para reforçar as tradições lusas e a fé.

Segundo uma reportagem da agência Lusa no país, a obra civil está já concluída e o grupo já está nos acabamentos, nomeadamente na colocação do mármore no altar. “O revestimento à volta da igreja é também com mármore que foi doado pelo Santuário de Fátima, em Portugal. Estamos a equipar a casa paroquial e a nossa meta é inaugurar o espaço religioso em outubro de 2022”, explicou fonte da organização à Lusa.

O secretário da Associação Civil Amigos de Nossa Senhora de Fátima, Agostinho Gonçalves, explicou ainda que o projeto de construção começou em 3 de julho de 2008, com o lançamento da primeira pedra, durante uma visita do ex-presidente do Governo Regional da Madeira Alberto João Jardim e o núncio apostólico Giacinto Berloco.

As obras começaram em agosto desse mesmo ano, precisando que o santuário tem uma área de construção de 22.000 metros quadrados e estava inicialmente projetado para ser construído em cinco ou seis anos.

“Como não temos um orçamento atribuído, trabalhamos com doações e fundos recolhidos em arraiais. Íamos bem, mas a pandemia travou tudo […]. Já estamos no fim da linha. Não precisamos muito de materiais, o que nos falta é o dinheiro para pagar a mão-de-obra”, disse no entanto Agostinho Gonçalves.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT