Na cidade

Praias em Cabo Verde estão a reabrir — mas com hora de abertura e fecho

Algumas praias já estão a permitir visitas, mas com regras: horários, sem venda ambulante e até oito familiares juntos.
Muitas praias ainda ficam fechadas.

Aos poucos, o mundo regressa à normalidade possível — sobretudo no caso de países em que o embate do novo coronavírus foi apenas moderado ou controlado. Ainda assim, mesmo aqui, a reabertura é feita com pequenos passos.

Cabo Verde é um desses países, e neste destino habitualmente de sonho para milhares de portugueses, algumas praias já estão a reabrir, mas funcionam agora com regras: horas para abrir e fechar, sem qualquer venda ambulante e com, no máximo, oito familiares juntos permitidos.

No entanto, adianta a agência Lusa, o acesso a mais de meia centena das praias do arquipélago vai continuar totalmente interdito. As medidas agora aprovadas reportam às oito ilhas habitadas que já deixaram de estar em estado de emergência, permitindo assim o regresso às praias, dois meses depois, ainda que com várias restrições.

Num total de 99 praias — excetuando a ilha de Santiago, que permanece em estado de emergência e que por isso mantém todas as medidas restritivas em vigor desde 29 de março — 36 passam a funcionar para uso geral, mas com horários e várias condições de acesso. Os horários aplicam-se ainda a outras seis praias que podem ser frequentadas apenas para atividades desportivas náuticas.

Outras 57 praias, incluindo todas as 17 da ilha da Boa Vista, que só na quinta-feira deixou de ter casos ativos de Covid-19, e outras 40 em Santo Antão, São Vicente, São Nicolau, Sal, Maio, Fogo e Brava vão permanecer totalmente interditas.

Em relação àquelas que foram reabertas, volta a ser permitida a natação e idas a banhos, desde que respeitando as instruções das autoridades. Também pode ir às praias para a prática de pesca de lazer, pesca lúdica e pesca submarina, bem como atividade física e desportiva em modo individual, ou atividades náuticas desportivas sem contexto competitivo profissional e sem contacto físico.

Estão proibidas atividades lúdicas, desportivas ou musicais em todas as praias, que possam “originar grandes aglomerações”, como a comercialização ambulante de bebidas e comidas, piqueniques, passeios, festas ou convívios, mas também a utilização de equipamentos sonoros e de tendas coletivas, ou prática de jogos coletivos, entre outras.

O novo regulamento estipula ainda, como condições de frequência das praias reabertas mas com proibições, entre outras, “respeitar o distanciamento social mínimo de dois metros entre banhistas, tanto no areal como na água”, manter “distâncias mínimas entre os guarda-sóis dos banhistas de pelo menos cinco metros” e “limitar a concentração de familiares ao número máximo de oito pessoas”.

Desde o início da pandemia, Cabo Verde teve um total 380 casos de Covid-19, mas apenas na ilha de Santiago permanecem casos ativos. Três doentes acabaram por morrer, dois turistas estrangeiros infetados regressaram aos países de origem e 155 doentes foram dados como recuperados, pelo que permanecem ativos 220 casos, todos eles de pessoas em isolamento.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT