Na cidade

Preços das casas em Portugal continuam a subir para valores absurdos

Os distritos de Vila Real, Viseu e Beja lideram as subidas de preço, mas Lisboa continua a apresentar os valores mais altos.
As casas estão cada vez mais altas.

A vida não está mesmo nada fácil para aqueles que procuram comprar uma casa em Portugal. Os valores continuam a subir e já quase não há distritos que escapam a estes aumentos: em Portugal, as casas ficaram mais caras em 17 capitais de distrito entre outubro e novembro.

Os preços das habitações subiram 1,9 por cento em novembro face ao mês anterior,segundo o índice de preços do “Idealista”. Atualmente, comprar casa em Portugal custa, em média, 2460€ por metro quadrados. A região do Algarve atingiu mesmo os 3000€ por metro quadrado pela primeira vez.

Os distritos de Vila Real (5 por cento), Viseu (4,4 por cento) e Beja (3,8 por cento) são os que lideram as subidas de preço. Em Lisboa, subiu 1,2 por cento, enquanto que no Porto houve um aumento de 0,5 por cento durante o mesmo período. Apesar de ter sido um aumento mais pequeno comparativamente a outros distritos, os preços das casas na capital continuam a ser absurdos: custam 5145€ por metro quadrado.

Em Aveiro, os preços mantiveram-se estáveis durante o mês de novembro. Por outro lado, apenas os distritos de Portalegre e Faro registaram descidas. Neste momento, as únicas capitais de distrito que não ultrapassam os 1000€ por metro quadrado são Portalegre, Castelo Branco, Bragança, Guarda e Beja.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT