Na cidade

Preços das casas para arrendar caíram quase 5% no último ano

Lisboa continua a ser a cidade mais cara do País. Mas também foi aquela que registou uma maior queda nos preços.
Lisboa é a cidade mais cara de Portugal.

Todos sabemos que arrendar casa em Portugal não é nada barato, especialmente se o fizer nas grandes cidades portuguesas como Lisboa e Porto. No entanto, segundo um novo estudo do “Idealista”, os preços das casas para arrendar em Portugal desceram 4,6 por cento num ano, em setembro de 2021 face ao mesmo mês de setembro do ano passado. Segundo o índice de preços do idealista, no final do mês de setembro deste ano, arrendar casa tinha um custo de 10,8 euros por metro quadrado.

Segundo o estudo, que se divide por várias regiões, apenas se verificou uma descida de preço na Área Metropolitana de Lisboa (-5,5 por cento). Por outro lado, foi no Alentejo onde se assistiu a uma maior subida dos preços (7,2 por cento), seguida pelo Centro (3,2 por cento) e Região Autónoma da Madeira (3,2 por cento). Seguem-se a Região Autónoma dos Açores (2,8 por cento), o Algarve (1,9 por cento) e o Norte (0,2 por cento).

Apesar da descida de preço, Lisboa continua a ser a região mais cara para arrendar casa, onde cada metro quadrado custa 12,4 euros. Segue-se o Algarve (9,7 euros por metro quadrado) e o Norte (9,3 euros por metro quadrado), que fecha o top três dos sítios mais caros. A Região Autónoma dos Açores (7,1 euros por metro quadrado), o Alentejo (6,9 euros por metro quadrado) e o Centro (6,5 euros por metro quadrado), são as regiões mais baratas do País.

O preço de arrendamento desceu em três capitais de distrito, com Lisboa (-5,5 por cento) a liderar a lista. Seguem-se Ponta Delgada (-5,2 por cento) e Aveiro (-3 por cento). Em Viseu os preços mantiveram-se quase inalterados no último ano (0,5 por cento).

Por outro lado, os preços aumentaram no Funchal (4,5 por cento), Coimbra (4,2 por cento), Leiria (3,7 por cento), Faro (3,5 por cento) e Porto (3,3 por cento). Seguem-se Setúbal (3,2 por cento), Évora (1,9 por cento) e Braga (1 por cento).

Não surpreendendo ninguém, e seguindo a regra que se tem visto nos últimos anos, Lisboa é a cidade mais cara do País para arrendar casa, visto que cada metro quadrado custa 13,2 euros. No Porto, o preço por metro quadrado é de 10,8 euros. Já as cidades capitais de distrito mais económicas são Viseu (5,1 euros por metro quadrado), Leiria (5,7 euros por metro quadrado) e Braga (6 euros por metro quadrado).

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT