Na cidade

Lisboetas, preparem-se: vem aí uma greve de 24 horas no metro

Vão ter de arranjar um meio de transporte alternativo no próximo dia 12 de outubro, quarta-feira.
Mais uma paralisação.

Se costuma apanhar o metro para se deslocar na capital, temos uma má notícia: vai ter de arranjar um meio de transporte alternativo no próximo dia 12 de outubro, quarta-feira. Os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa entregaram, esta quinta-feira, um aviso prévio de greve de 24 horas, anunciou a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans).

“Após a reunião de conciliação na DGERT – Direcção Geral do Emprego e das Relações de Trabalho, as organizações sindicais dos trabalhadores do Metropolitano de Lisboa, entregaram um aviso prévio de greve de 24 horas para o dia 12 de outubro“, adianta o sindicato em comunicado. 

De acordo com a nota, os funcionários vão discutir “as formas de luta subsequentes num Plenário Geral de Trabalhadores”, que vai acontecer a 10 de outubro. Nos últimos meses, têm contestado o alegado não cumprimento do Acordo da Empresa por parte da Direção Operacional.

A Fectrans adianta ainda que, os trabalhadores da Transtejo estarão a “dinamizar um novo ciclo de lutas entre os dias 10 e 14 de outubro, na forma de greves parciais de três horas por cada turno”. 

“Reivindicam a valorização dos salários, que tenham em conta o aumento brutal do custo de vida, que significa uma redução real do poder de compra e exigem medidas concretas para que a Transtejo seja dotada de todos os meios para a melhoria da prestação do serviço público prestado”, sublinha.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT