Na cidade

Qualidade da água obriga a interditar os banhos em várias praias do norte do País

A interdição vai manter-se, pelo menos, até à próxima semana.
Pelo menos até segunda-feira.

A presença de um número elevado de coliformes na água levou à interdição de mais de uma dúzia de praias do norte do País, pelo menos, até à próxima segunda-feira, 24 de agosto. Depois de quarta-feira, 19, a Autoridade Marítima ter determinado a proibição de banhos em sete praias da Póvoa de Varzim, esta quinta-feira, a interdição foi estendida a mais sete praias do mesmo concelho.

Além da interdição nestas praias, a Autoridade Marítima desaconselhou igualmente a ida a banhos na praia de Matosinhos, já que a qualidade da água naquela zona é também considerada imprópria, de acordo com os limites previstos na lei.

Em ambos os casos, as praias perderam temporariamente as suas bandeiras azuis, um sinal de que a água não tem qualidade excelente, mas apenas boa.

À “TSF“, o comandante local da autoridade marítima, Marques Coelho adiantou que as praias com banho desaconselhado são as praias da Salgueira, Azul, Verde, Beijinhos, Lada, Lagoa II e Hotel. As praias do mesmo concelho sem bandeira azul são Rendonda-Leixão, Loulé, Redonda, Carvalhido, Lagoa I, Pontes e Carvalhido. Já em Vila do Conde, a praia com banhos desaconselhados é a Prainha enquanto a praia sem bandeira azul é Labruge.

As novas análises só devem ter resultados na próxima segunda-feira e até lá as 16 praias devem ficar com banhos desaconselhados ou sem bandeira azul.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT