na cidade

Há quase 50 concelhos do País em risco máximo de incêndio

No norte, no centro e no Algarve, são várias as localidades que se encontram neste alerta segundo o IPMA.
O risco mantém-se nos próximos dias.

Nos distritos de Bragança, Viseu, Vila Real, Castelo Branco, Portalegre, Faro e Santarém são quase 50 os concelhos que se encontram com risco máximo de incêndio esta segunda-feira, 19 de julho. Há ainda outros 60 concelhos com um risco muito elevado e mais 80 com risco elevado.

Até sexta-feira, 23 de julho, altura em que no site do Instituto Português do Mar e da Atmosfera é colocada a previsão deste mapa de risco, são várias as zonas do País que entram também no estado de alerta mais elevado.

O cálculo é feito a partir da temperatura do ar, da velocidade do vento, da precipitação do último dia e a também da humidade relativa. Até setembro, Portugal encontra-se no período mais crítico de incêndios em que não é permitido fazer queimadas ou até usar fogareiros em todo o espaço rural.

A par do risco de incêndio, 14 distritos do País e a Madeira encontram-se com níveis de radiação UV muito elevados. Apenas Leiria, Viana do Castelo, Coimbra e Aveiro estão com um risco inferior, assim como o arquipélago dos Açores.

É aconselhado o uso de óculos de sol com filtros UV, T-shirt, protetor solar e chapéu sempre que é feita uma exposição ao sol.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT