Na cidade

Este Natal, ajude aqueles que estão sozinhos

A campanha de Natal “Luzes com Presença” da Missão Continente quer financiar instituições e projetos que combatem a solidão e o isolamento social por todo o País.
Esta campanha financia instituições que combatem a solidão e isolamento social na população portuguesa

Longe das grandes cidades são centenas as pequenas aldeias e aglomerados portugueses onde a calma reside e os habitantes são cada vez menos e, na sua maioria, já idosos. Por aqui, vale a presença das autoridades como a GNR que vai passando para conversas de circunstância e ver se está tudo bem com os locais. Noutros lugares, a solidão está atrás de uma porta enquanto o mundo lá fora continua na sua azáfama. E se isto podia ser só uma ideia de um filme, os números de um estudo realizado pela Comissão Europeia dizem o contrário e comprovam esta realidade: por toda a Europa, 18% da população (75 milhões de pessoas) revela que se sente socialmente isolada. 

É a propósito deste cenário e das pessoas em situação de isolamento social e solidão que surge a campanha “Luzes com Presença“, da Missão Continente. A ação decorre nas lojas Continente, Continente Modelo, Continente Bom Dia, Continente Online e Meu Super de todo o país, através da venda de vales solidários de 1€. O valor angariado reverterá na íntegra para 11 projetos portugueses de prevenção e combate à Solidão e Isolamento Social.

Paralelamente, para garantir que o espírito solidário de Natal chega a todos os recantos do país, por cada vale vendido, a Missão Continente acederá luzes nas localidades mais isoladas do país, e promete iluminar localidades de todos os distritos do país, incluindo as ilhas. O objetivo é alegrar o ambiente e dar mais o calor e companhia a quem lá vive.

A serem apoiadas por esta campanha estão 11 instituições com projetos nacionais que dão resposta à solidão e isolamento social das comunidades. Duas destas têm uma atuação em todo o território nacional — a associação SOS Voz Amiga e a Cruz Vermelha Portuguesa — e as restantes nove são associações de atuação local, espalhadas de norte a sul do País e ilhas. Estes projetos trabalham junto da comunidade, com atividades que vão desde apoio emocional via telefone, cuidados de saúde ao domicílio, estimulação de competências cognitivas, apoio nas atividades do dia a dia ou até promoção de companhia através de animais de estimação, entre outras formas de apoio especializado.

Apesar da solidão ser uma situação normalmente associada a camadas mais velhas da população, o problema é transversal a todas as faixas etárias. E a pandemia só veio agravá-la. Em 2016, cerca de 12% dos cidadãos da União Europeia sentiam solidão metade do tempo, mas, nos primeiros meses de pandemia, essa proporção mais do que duplicou — para cerca de 25%, revela o mesmo estudo da Comissão Europeia.

A problemática da solidão é já considerada um caso de saúde pública pelo forte impacto comprovado na saúde mental de todos. “O objetivo [desta campanha] é alertar para os temas da solidão e isolamento social e criar um impacto positivo junto das populações, principalmente numa época cujo espírito é de solidariedade, de união, de família, de comunhão. Queremos que seja um Natal com luz, em que todos se sintam acompanhados, que saibam que não estão sozinhos”, explica Nádia Reis, diretora de comunicação e responsabilidade social do Continente.

Além de contar com a TVI, a Federação Portuguesa de Futebol, a Entrajuda e o Banco Santander como parceiros, a iniciativa tem o apoio institucional da GNR, PSP e da Escola Nacional de Saúde Pública.

Para contribuir, basta adquirir os vales nas lojas Continente, Continente Modelo, Continente Bom Dia, Continente Online e Meu Super ou realizar uma transferência direta (PT50 0018 2392 01073969 020 35) ou por MBWay (937070707).

Este artigo foi escrito em parceria com a Missão Continente.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT