Na cidade

Regresso do turismo aos níveis pré-pandemia só deve acontecer em 2023

O principal desafio para o setor é o receio de viajar, agravado com as mutações dos vírus e os avanços e recuos nas políticas.
A confiança é essencial para o turismo.

O turismo só deverá voltar aos níveis anteriores à pandemia de Covid-19 em 2023, de acordo com um relatório da consultora EY divulgado esta quinta-feira, 22 de julho.

“Em linha com o que os líderes do setor têm vindo a indicar, parece-nos prudente considerar que uma certa normalização e o retorno aos níveis de atividade pré-pandemia só acontecerá a partir de 2023”, diz o documento citado pela Lusa.

Segundo a consultora, “o principal desafio para a recuperação do turismo é o receio de viajar, agravado com as sucessivas mutações dos vírus e os avanços e recuos nas políticas de restrições de viagens”.

“Parece consensual que o avançar do processo de vacinação dará confiança aos viajantes e resultará em políticas mais revisíveis, com a disponibilização de certificados digitais e a manutenção de processos de testagem massiva a contribuírem para um aumento gradual da mobilidade”, antevê ainda a EY.

No entanto, há uma “expectativa de que a recuperação do turismo seja bastante mais demorada do que noutras atividades”, o que “vai implicar enormes desafios em matéria de solvabilidade e liquidez, tornando essencial a continuidade de apoios públicos ao setor até haver uma retoma firme”, frisa.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT