Na cidade

Festas de Lisboa vão ter cinema ao ar livre, caça à sardinha e videomapping

A #QuaseJuntos, preparada pela EGEAC, é uma iniciativa especial para manter o espírito festivo dos santos na capital.
Há uma nova programação.

Em abril, a Câmara Municipal determinou que este ano, devido à pandemia do novo coronavírus, não ia haver marchas, arraiais e casamentos de Santo António durante o mês de junho em Lisboa. Sem os tão adorados santos populares, a EGEAC decidiu lançar a iniciativa #QuaseJuntos, um programa que vai permitir celebrar a época, ainda que com bastante cuidado.

Entre as várias atividades, que se dividem entre o online e as ruas, destaca-se o cinema ao ar livre, as sessões de videomapping e de leituras e, claro, a caça às sardinhas de papel – aquelas que venceram o concurso deste ano das Festas de Lisboa.

De 8 a 11 de junho, é tempo de ficar por casa para assistir às sessões de videomapping que vão acontecer pela cidade. O Festival à Janela, um espetáculo audiovisual realizado em parceria com o ateliê OCUBO, vai tornar os serões destes quatro dias mais divertidos.

Aliás, o público também pode participar com vídeos caseiros. Para isso, basta escolher uma parte do refrão da música “Cheira a Lisboa”, de Amália Rodrigues, e gravar um vídeo a cantá-la. Tem até dia 4 de junho, quinta-feira, para o enviar para o email info@nullfestivalajanela.pt ou para o WhatsApp de 91 192 9808.

No dia de Santo António, 13 de junho, serão anunciados os vencedores do concurso da exposição dos Tronos de Santo António, uma iniciativa conjunta com o Museu de Lisboa – Santo António. 

Fora do online, acontece a iniciativa Cinema no Estendal, as sessões de cinema ao ar livre, desenvolvidas em parceria com a associação O Nosso Bairro. Durante cinco noites de junho (de 15 a 19), pelas 21h30, em cinco bairros de Lisboa, serão transmitidos dois filmes portugueses – que serão anunciados brevemente. Pode vê-los na rua, na janela ou na varanda.

E como não há mês de junho sem sardinhas, a EGEAC vai fazer uma verdadeira caça às sardinhas. Todos os fins de semana, a organização vai distribuí-las por vários locais da cidade para que, em segurança, as pessoas possam seguir todas as pistas para as encontrarem. À sexta-feira, essas pistas serão dadas nas páginas de Facebook e Instagram das Festas de Lisboa. A todos os que encontrem as sardinhas pela cidade, a organização pede que as fotografem e partilhem com a hashtag #apanhaestasardinha.

Mas há mais: todos os domingos de junho serão dedicados a sessões online de leitura de livros. A iniciativa, inserida no projeto Ecotemporâneos, em parceria com a BOCA, vai contar com a participação de Julião Sarmento, artista plástico (7 de junho); Teresa Villaverde, realizadora de cinema (14 de junho); Tiago Rodrigues, encenador e diretor do Teatro Nacional D. Maria II (21 de junho); e Capicua (28 de junho).

A programação completa da iniciativa #QuaseJuntos pode ser vista no site oficial da Cultura na Rua – EGEAC.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT