Na cidade

Descobertos ovos de dinossauros com 68 milhões de anos nos Pirenéus

Os achados de ovos de dinossauro são raros em todo o mundo, mas na vizinha Espanha houve uma revelação impressionante.
O trabalho é ibérico.

Paleontólogos portugueses e espanhóis encontraram ovos de dinossauro com 68 milhões de anos perto dos Pirenéus, em Espanha. Segundo revelou um dos especialistas à “Lusa”, a descoberta é tão importante que os investigadores esperam poder encontrar os primeiros embriões de dinossauro em Espanha. “É uma jazida que tem 68 milhões de anos e 30 ovos de dinossauro, mas prevemos que possa ter quatro ninhos diferentes e mais de 100 ovos”, revelou Miguel Moreno-Azana.

A equipa ibérica estima que os ovos de dinossauro, encontrados em bom estado de conservação, pertençam a dinossauros saurópodes tiranossauros, herbívoros quadrúpedes com caudas e pescoços longos — e que podem chegar aos 30 metros de comprimento. Tendo em conta o estado de conservação, os paleontólogos esperam poder vir a “ser encontrados embriões, que seriam os primeiros descobertos em Espanha e pertenceriam aos últimos dinossauros da Europa”, afirmou o especialista. 

Os ovos foram encontradas em rochas, cujos especialistas acreditam ser mais recentes do que os dinossauros, e faz com que exista mais potencial para “ter dinossauros e estão à procura de outras jazidas ao longo dos Pirenéus”. A jazida foi encontrada no final de 2019 por José Manuel Gasca, mas devido à pandemia, o trabalho de campo só começou há uma semana e vai durar até outubro. As escavações estão a ser efetuados por investigadores da Universidade Nova de Lisboa e da Universidade de Saragoça. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT