Na cidade

São João: greve pode parar comboios urbanos do Porto e Coimbra na véspera da festa

A paralisação começa à meia-noite de quinta-feira, 23 de junho, e estende-se até às 7 horas de dia 24.
Esteja atento.

As notícias não são as melhores para os que se preparam para celebrar o São João, um dos momentos mais esperados do ano em várias cidades portuguesas. O evento, que atrai milhares de pessoas para as ruas, nas quais impera o cheiro a manjerico, alho-porro e sardinhas, bem como o som dos tradicionais martelos, corre o risco de ser afetado pela greve dos comboios urbanos.

Em comunicado citado pela “Renascença”, a CP — Comboios de Portugal prevê fortes perturbações na circulação do transporte público, já esta quarta-feira, 22 de junho, e nos próximos dois dias, 23 e 24, devido à greve. A paralisação começa à meia-noite de quinta-feira e estende-se até às 7 horas de sexta.

“Podem ocorrer perturbações muito significativas no dia 23 de junho, com forte impacto nos dias anterior e seguinte, em todos os serviços com origem e/ou destino no Norte de Portugal, Coimbra e Linha do Oeste”, avança o documento.

A empresa de transporte ferroviário informa ainda que, “nos serviços Internacional Celta, Urbanos do Porto e Urbanos de Coimbra, não se prevê a realização de comboios, no dia 23 de junho”.

Acrescenta: “Aos clientes que já tenham adquirido bilhete para viajar em comboios dos serviços Alfa Pendular, Intercidades, Inter-regional e Regional, será permitido o reembolso no valor total do bilhete adquirido, ou a sua revalidação gratuita, para outro comboio da mesma categoria e na mesma classe”.

Consulte os serviços mínimos disponíveis online.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT