Na cidade

Se está a pensar ir à Jornada Mundial da Juventude, o melhor é começar a poupar

O maior encontro juvenil católico do mundo decorre em Lisboa no verão de 2023. O Papa Francisco virá a Portugal pela segunda vez.
O evento acontece entre 1 e 6 de agosto.

Lisboa ia receber pela primeira vez a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em 2022, mas devido à pandemia o maior evento juvenil católico do mundo foi adiado para 2023. A capital portuguesa irá receber grupos de jovens de todo o mundo entre 1 e 6 de agosto, e irá contar com a presença do Papa Francisco, que também esteve na última jornada que se realizou no Panamá em 2019.

As inscrições para participar neste mega evento vão abrir até ao final do mês de outubro e os valores foram divulgados esta segunda-feira, 17 de outubro, em Fátima. Se está a pensar participar, o melhor é começar já a poupar — os preços não são propriamente acessíveis. Para os que querem estar presentes em todos os dias da Jornada Mundial da Juventude, o passe custa 235€ (com alimentação, alojamento, transportes, seguro e kit JMJ incluídos). Quiseres participar apenas nos eventos do fim de semana com o Papa, também com tudo incluído, pagará 125€. Para os voluntários, a inscrição custará 145€.

Ainda não foi divulgada a data exata de abertura das inscrições, mas já se sabe que será até ao final do mês — sequer garantir o seu lugar, o melhor é estar atento. Isto porque quem se inscrever até 31 de dezembro pode aproveitar o desconto de 10 por cento. Se deixar escapar esta data, pagará um pouco mais: pode inscrever-se até 15 de março e terá um desconto de cinco por cento. Até à próxima quarta-feira serão ainda divulgados outros pacotes, com preços diferentes, para que os jovens possam escolher aqueles que preferirem. 

A Jornada Mundial da Juventude foi uma iniciativa criada em 1985 por João Paulo II. A primeira JMJ realizou-se em Roma, Itália, no ano seguinte. Em 2019, o evento aconteceu no Panamá e os preços das inscrições variavam entre os 96€ e os 253€. Foi nessa edição que anunciaram a escolha de Lisboa para a realização da jornada seguinte, que acabou por não se realizar no ano previsto, 2022, devido à pandemia.

Se tudo correr como previsto, a JMJ deverá contar com a presença do Papa Francisco. Será a segunda visita do Sumo Pontífice a a Portugal e poderá coincidir com a beatificação da Irmã Lúcia, cujo processo já está a decorrer.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT