Na cidade

Trabalhadores da Transtejo e Soflusa voltam a fazer greve na próxima semana

As ligações fluviais entre Lisboa e a Margem Sul vão sofrer perturbações até sexta-feira.
Não se sabe quando retoma.

Se costuma usar os barcos da Soflusa e Transtejo para fazer a travessia do Tejo, é melhor começar a pensar em alternativas. Os trabalhadores das empresas que asseguram as ligações fluviais entre Lisboa e a Margem Sul vão voltar a fazer greve na próxima semana. Aumentos salariais e a contratação de mais profissionais são as reivindicações apresentadas como justificação para a paralisação.

A Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans) anunciou que os funcionários da Transtejo vão dar início a um ciclo de greves esta segunda-feira, 18 de julho, de três horas por turno de serviço, que irá prolongar-se até sexta-feira, 22 de julho.

Já os trabalhadores da Soflusa iniciam na terça-feira, 19 de julho, um período de quatro dias de greve, com paralisação durante todo o período de trabalho.

A carreira fluvial do Barreiro para o Terreiro do Paço terá interrupções entre segunda e sexta-feira da próxima semana. O último barco saíra às 22h25, e o primeiro às 00h05 do dia seguinte. O mesmo se verifica na carreira fluvial do Terreiro do Paço para o Barreiro, sendo o último barco às 22h50 e o primeiro à meia noite e meia do dia seguinte.

Desde o início do ano, já foram canceladas mais de mil travessias. De acordo com a Fectrans, os trabalhadores exigem o aumento dos salários e medidas que combatam a degradação do serviço público, devido à falta de profissionais e ao envelhecimento das frotas.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT