Na cidade

Transportes públicos vão ter oferta a 100% com a reabertura das escolas

Ministro reitera que não há nenhuma razão para se achar que o transporte coletivo tem potencial de transmissão da Covid-19.
Reforço na oferta.

Com o regresso às aulas na próxima semana e o País prestes a entrar em estado de contingência, os portugueses vão passar a ter oferta plena nos transportes públicos para fazer face ao aumento da procura esperada. Isto, “mesmo sabendo que a procura vai ser inferior a esses 100 por cento”, anunciou esta quinta-feira, 10 de setembro, o governo.

De acordo com o ministro do Ambiente e Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, citado pela Lusa, o metro do Porto regista atualmente 61 por cento da procura relativamente ao mesmo período do ano passado, enquanto em Lisboa a procura está nos 51 por cento. Matos Fernandes defendeu ainda que “não há nenhuma razão para se achar que o transporte coletivo (…) tem um qualquer potencial de transmissão” da Covid-19, recordando que “todos eles são desinfetados”.

No final de julho, o primeiro-secretário da Área Metropolitana de Lisboa já tinha anunciado que a oferta de transportes públicos seria reposta a 100 por cento a partir de setembro na região e o Porto tinha também já anunciado um reforço tanto dos autocarros como do metro.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT