Na cidade

Um robô humanoide chamado Optimus é a grande nova criação de Elon Musk

A novidade foi apresentada num evento da Tesla. O robô acenou e dançou em palco.

Regressado do mundo da lua, o homem mais rico do planeta parece agora estar focado na criação de um robô. Chamou-lhe Optimus e foi uma das grandes atrações do evento AI Day da Testla, que decorreu na sexta-feira, 30 de setembro.

Musk já havia dito que o mercado dos robôs será, um dia no futuro, mais valioso do que o dos carros. E para dar o primeiro passo nessa ambição da Tesla, aproveitou a presença de centenas de convidados para mostrar o trabalho que tem em mãos.

Um robô humanoide subiu ao palco e acenou a todos os presentes. Deu alguns passos, dançou e foi-se embora. Esta foi a demonstração mais curta. Seguiu-se uma apresentação em vídeo, mais detalhada, sobre as reais capacidades do robô: a regar plantas ou a movimentar barras na fábrica da Tesla.

“O nosso objetivo passa por criar um robô humanoide útil o mais rapidamente possível”, explicou Musk. “Ainda há muito por fazer na refinação do Optimus.”

Uma das carências destes robôs, explica o sul-africano, é a falta de um cérebro que lhes permita navegar o mundo por si só. Apesar de frisar que Optimus é “um robô extremamente capaz”, será também “barato”, vendido a um valor perto dos 20 mil euros.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT