Na cidade

Usar aquecedores a óleo pode custar oito euros por dia

Basta ter um destes equipamentos ligados para subir a fatura da eletricidade, avisa a associação Zero.
Aviso da Zero.

O frio não tem dado tréguas este inverno, e a prioridade de muitas pessoas perante temperaturas mínimas perto ou abaixo de zero é aquecer-se e manter a família quente. Mas há que ter atenção quanto à forma como o faz, avisa a associação ambientalista Zero. Isto porque um único aquecedor a óleo pode atingir custos superiores a oito euros por dia em eletricidade, alerta.

Segundo os ambientalistas da Zero, citados pelo “Sapo“, é necessário acelerar as estratégias de combate à pobreza energética e de renovação de edifícios. Isto porque, refere esta organização, Portugal é dos países da União Europeia em que mais pessoas não têm capacidade para aquecer as suas casas: serão quase dois milhões no total, acima da média europeia.

Ao encontrar soluções muitas famílias optam então pelos termoventiladores e aquecedores a óleo, atrativos por terem normalmente preços confortáveis mas o efeito na fatura pode ser “dramático”, avisa a Zero. E adianta: o custo com eletricidade de um único aquecedor destes pode ser facilmente superior a oito euros por dia. “O que se paga em eletricidade durante uma semana de um aquecedor a óleo ligado é superior ao seu custo” frisa.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT