Na cidade

Vá de trotinete — e de graça — votar nas legislativas deste domingo

A Bird oferece duas viagens de trotinete para que possa desolocar-se aos locais de voto e regressar a casa sem gastar dinheiro.
O serviço está disponível em 10 localidades.

As desculpas para não ir votar nas eleições legislativas agendadas para este domingo, dia 30 de janeiro, são cada vez mais reduzidas. À semelhança do que aconteceu em processos democráticos anteriores, a empresa Bird vai oferecer viagens gratuitas nas suas trotinetes elétricas para facilitar a deslocação às urnas, assim como o posterior regresso a casa.

Lisboa, Porto, Vila Nova de Gaia, Braga, Coimbra, Tomar, Maia, Évora, Faro e Cascais são as 10 localidades em que o serviço estará disponível. Para aderir, os utilizadores apenas precisam introduzir o código VOTO22 na sua aplicação e, automaticamente, recebem duas viagens, de 15 minutos cada, para que possam deslocar-se de e para as urnas de voto de uma forma sustentável e económica.

“O voto é um dos nossos direitos mais fundamentais enquanto cidadãos, por isso, queremos garantir aos portugueses uma forma segura de chegar às mesas eleitorais no dia das eleições”, afirmou David Bento, diretor de operações da Bird para o sul da Europa, citado em comunicado. O executivo sublinhou também que “a falta de acesso aos transportes não deve impedir nem proibir ninguém de ir votar.”

“Nas últimas eleições autárquicas, a abstenção atingiu 46,4 por cento, menos 14,4 por cento que nas anteriores eleições presidenciais, em que também oferecemos viagens. Na Bird encaramos com a máxima seriedade a nossa responsabilidade de proporcionar mobilidade a todos e, por isso, estamos profundamente satisfeitos por poder, com esta medida, ajudar as pessoas a votar”, concluiu.

A Bird nasceu em 2017 e quer contribuir para tornar as vilas e cidades mais habitáveis, ajudando a resolver o problema da chamada “última milha”, em que as viagens são demasiado curtas para que o transporte público seja eficiente, mas demasiado longas para andar a pé. Ao apresentar-se como uma alternativa ao automóvel, meio tradicionalmente usado para realizar estes percursos, pretende tornar as ruas menos congestionadas e melhorar a qualidade do ar, pela diminuição das emissões de carbono.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT