Na cidade

Vêm aí temperaturas que chegam aos 37 graus e noites tropicais, avisa o IPMA

Fim de semana traz máximas de 35 graus, durante a semana sobem aos 37. A corrente de leste traz também noites com mais de 20º.
Prepare os gelados.

O mês de maio foi, nas primeiras semanas, particularmente chuvoso — ainda há poucos dias se registava chuva, trovoadas e granizo — mas a inversão já se faz sentir e vai ser total.

Nos próximos dias, quem mora em Portugal continental pode contar com calor — mesmo muito calor, tanto de dia como de noite. O aviso é feito pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) que alerta para o tempo “quente e seco” e explica que a partir desta quinta-feira, 21 de maio, são esperadas temperaturas acima do normal para o mês de maio, com valores das máximas a rondar entre 30 e 35º nas regiões do interior, e entre 22 e 30º no restante território.

De um modo geral, a temperatura mínima terá valores entre 15 e 18º. A partir do fim-de-semana, o continente estará mesmo sob influência de uma corrente de leste, prevendo uma ligeira subida dos valores de temperatura, em especial no litoral oeste.

E ainda vem mais calor. A partir de domingo, dia 24, prevê-se uma subida dos valores de temperatura máxima, sendo mais significativa nas regiões do litoral oeste, ficando a generalidade do território com valores acima de 30 graus. Os valores de temperatura máxima mais elevados estão previstos para o interior do Alentejo e para o vale do Tejo, com valores que poderão atingir 37 graus.

Também a temperatura mínima terá uma subida ligeira, prevendo-se que, a partir de sábado, dia 23, alguns locais do continente registem valores iguais ou superiores de 20º; as chamadas noites tropicais. De acordo com as primeiras previsões, a situação deverá manter-se durante toda a próxima semana e até no fim de semana seguinte, o último de maio.

Esta quarta-feira foi anunciado que, devido às temperaturas previstas, a Autoridade Marítima vai fazer ações de sensibilização nas praias. Isto porque apesar do confinamento ser recomendado, legalmente já se podem dar mergulhos — sempre respeitando as instruções e mantendo as distâncias; mas as praias ainda não têm as medidas anunciadas pelo governo para a época balnear que começa dia 6; nem nadadores salvadores sendo, a todos os níveis, pedido cuidado.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT