Na cidade

Vem aí um resgate “inédito no mundo” aos cães presos na lava de La Palma

Uma empresa galega de drones ofereceu-se para tentar salvar os animais que têm sido alimentados por via aérea.
O vulcão continua ativo.

O vulcão Cumbre Vieja em La Palma continua sem dar tréguas e, embora todos os moradores tenham sido colocados a salvo, nem todos os animais conseguiram escapar. Um grupo de cães acabaria por ser descoberto no meio da zona de perigo — salvos pelos muros de um pátio que os resguardou do calor intenso da lava.

Visivelmente subnutridos, as equipas de resgate criaram um plano para os manter vivos. Na última semana, os animais têm sido alimentados por via aérea, com comida e água a ser deixada no local com o auxílio de drones. Agora, serão esses mesmos drones que poderão ajudar a resgatar os cães para segurança, num resgate que dizem ser “inédito em todo o mundo”.

A resposta tardia já originou a morte de um dos quatro cães, mas o drama emocionou as redes sociais e os espanhóis, que pedem o salvamento dos animais. É aqui que entra a Aerocamaras, uma empresa galega de drones que garante estar a trabalhar numa solução tecnológica que permita transportar os cães.

“É uma manobra sem precedentes que nunca foi feita. Mas é isso ou deixá-los morrer”, explica ao “El País” Jaime Pereira, CEO da empresa.

A solução passa por adaptar os aparelhos criados pela empresa para transportar mercadorias até aos barcos que atravessam o estreito de Gibraltar. São verdadeiros drones gigantes com mais de dois metros de diâmetro, capazes de carregar cargas até 24 quilos.

Os drones terão que fazer um percurso de quase mil metros de ida e volta, mas o momento-chave será mesmo a captura dos animais, que será feita com recurso a uma rede e comida para os atrair. Assim que o cão estiver no centro, a rede fecha-se para o apanhar. “Se houver algum problema, temos previsto um sistema de libertação rápida para colocar o animal de novo no solo.”

A solução tem sido bem vista, mas de acordo com a lei espanhola, é ilegal. A legislação não permite que drones façam transporte de pessoas ou animais. Será também necessária uma autorização especial para poder sobrevoar a zona de exclusão ao redor do vulcão.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT