Na cidade

Vodafone começa a repor rede 4G mas vários serviços permanecem condicionados

Depois do ciberataque, existem zonas do País em ainda não foi possível retomar o funcionamento pleno. O processo será gradual.
Ainda existem zonas do País condicionadas.

Aos poucos, os serviços da Vodafone começam a ser repostos em todo o País. Depois de retormar o sinal da rede 3G, ao final da tarde desta terça-feira, 8 de fevereiro, revelou que arrancou com o estabelecimento da rede 4G. Ainda assim, existem zonas do País em que tal ainda não foi possível. A operadora foi alvo de um ciberataque na noite de segunda-feira, 7 de fevereiro.

“É uma intensa e exigente operação de reposição”, explica a Vodafone em comunicado. “O serviço está igualmente sujeito a algumas limitações, nomeadamente no que respeita à velocidade máxima permitida de forma a garantir uma melhor monitorização da utilização da rede, bem como uma distribuição mais equitativa e sustentável da capacidade disponibilizada aos clientes.”

A Vodafone agradece ainda o apoio que tem recebido nas últimas horas. “Trata-se de mais uma etapa que faz parte do complexo percurso que temos vindo a percorrer e cujo esforço tem sido atenuado pelas muitas manifestações de solidariedade e compreensão que nos têm feito chegar.

O ataque informático à operadora afetou também a resposta do INEM a pedidos de socorro. Durante as primeiras horas do ataque, também a SIBS, a gestora da rede Multibanco, registou alguma instabilidade.

Ainda não se sabe quem são os autores deste ciberataque. Segundo o jornal “Expresso”, os piratas informáticos da Lapsu$ Group escreveu Vodafone na sua página de Telegram. Este foi o grupo responsável pelo ataque à Impresa. Apesar desta publicação, o ato não chegou a ser reivindicado.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT