Na cidade

Ciberataque à Vodafone já está em “fase final de resolução”

Atualmente, são poucos os clientes da operadora que continuam com os serviços afetados, adianta a empresa.
Já pode ir dormir sem esta preocupação.

O ciberataque à Vodafone foi o assunto mais comentado da semana, mas parece que o problema está “em fase final de resolução” e com “um volume já bastante residual de clientes afetados”, segundo o que conta uma fonte da empresa à “Lusa”, citada pelo “Público”. 

“A estabilização da rede está praticamente assegurada, o que inclui voz móvel e fixa, dados e serviço de televisão”, revela a empresa.

No final da noite de segunda-feira, 7 de fevereiro, vários utilizadores em Portugal reportaram dificuldades em aceder aos serviços da Vodafone. Chamadas, SMS, Internet e televisão estiveram indisponíveis ou com um serviço intermitente durante vários dias.

“A Vodafone foi alvo de uma disrupção na sua rede (…) devido a um ciberataque deliberado e malicioso com o objetivo de causar danos e perturbações. Assim que foi detetado o primeiro sinal de um problema na rede, a Vodafone agiu de forma imediata para identificar e conter os efeitos e repor os serviços”, revelou a empresa na altura.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT