na cidade

oBike pode regressar a Lisboa ainda durante o mês de abril

A rede de bicicletas partilhadas está a negociar com a Câmara Municipal de Lisboa a hipótese de regressar ainda em abril à capital.

Bastou apenas um mês para a oBike chegar e desaparecer das ruas da Lisboa. A empresa, que concorria diretamente com as bicicletas do sistema GIRA, da EMEL, e com as Ofo, em Cascais chegou à capital no início de fevereiro, e algumas semanas depois a Câmara Municipal mandou remover todos os equipamentos. 

Segundo explicou em fevereiro à NiT João Camolas, do departamento de mobilidade da autarquia, a utilização e sobretudo o estacionamento dos equipamentos estava a ser “abusivo”, por isso, a empresa teve de remover as bicicletas. Depois de o prazo ter sido alargado e a oBike não ter cumprido com o pedido, a Polícia Municipal retirou todos os equipamentos que estavam espalhados pela cidade.

No entanto, parece que as oBike estão prestes a voltar à capital, pelo menos é isso que garante o diretor de operações em Portugal e Espanha, Pablo Pastega, ao jornal “ECO”.

“Estamos em fase final de concretização de detalhes na colaboração com a Câmara Municipal de Lisboa. Esperamos voltar ainda este mês de abril”, refere Pastega. 

Segundo escreve o jornal, o CEO da oBike está a negociar os termos e condições de utilização das bicicletas partilhadas na capital, para que não voltem a acontecer situações abusivas — que tanto a Câmara como a empresa referem ser culpa dos utilizadores — como as que forçaram a que todos os equipamentos da empresa fossem recolhidos pela polícia.

“Gostaríamos de salientar que, infelizmente, só existe uso abusivo de espaço por parte dos utilizadores. Existem sempre utilizadores que, de forma abusiva, fazem uso das bicicletas mas, tal como uma bicicleta particular que vemos deixada na rua, vemos bicicletas oBike mal usadas”, explica Pablo Pastega.

A Câmara Municipal confirmou ao jornal que existem conversas para que as oBike possam voltar a circular pelas ruas de Lisboa, não garantindo que venha a acontecer no final de abril. 

A NiT ainda foi a tempo de experimentar as oBike, e a experiência podia ter corrido melhor. Recorde o artigo.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT