Na cidade

Parlamento deverá aprovar uso obrigatório de máscara na rua (durante três meses)

O diploma pode somar os votos a favor de PS, PSD e CDS-PP. A votação decorre esta sexta-feira, 23 de outubro.
Especialista teme descontrole.

O Parlamento deverá aprovar esta sexta-feira, 23 de outubro, o uso obrigatório de máscara na rua durante pelo menos três meses, diz a Agência Lusa, citada pelo “Diário de Notícias”. Será uma medida que poderá ser renovada.

O diploma pode somar os votos a favor de PS, PSD e CDS-PP. O Bloco de Esquerda irá viabilizar a proposta na generalidade, mas irá propor na especialidade a distribuição gratuita de máscaras de proteção.

O PCP e o PEV disseram à Lusa que se irão abster, enquanto a Iniciativa Liberal assegurou apenas que não vai votar a favor. Já o Chega, cujo deputado único André Ventura se mostrou contra a proposta, não irá votar a medida, tendo em conta que Ventura se encontra a fazer campanha nos Açores.

Esta iniciativa do PSD surge na sequência da proposta de lei apresentada pelo governo, que pretendia tornar obrigatório quer o uso de máscara quer a aplicação StayAway Covid. Contudo, o governo descartou depois a sua proposta, permanecendo esta do PSD, que diz respeito apenas às máscaras, e que António Costa já descreveu como sendo mais “consensual”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT