Turismos Rurais e Hotéis

A antiga mansão do narcotraficante Pablo Escobar transformou-se num hotel de luxo

A Casa Malca abriu aos hóspedes em 2015, depois de ter passado 14 anos ao abandono. Tem duas piscinas e uma gruta subterrânea.
Abriu em 2015.

No dia em que se viu cercado pela polícia, Pablo Escobar violou uma das suas regras mais elementares: fez um telefonema. Juan Pablo, o filho, atendeu a sua última chamada. “Juancho, te amo”, disse-lhe. Escobar sabia que o fim estava próximo. A morte do maior narcotraficante da história, abatido num telhado pelas autoridades colombianas e norte-americanas quando tentava escapar, coincidiu com o nascimento de um mito, eternizado em filmes, documentários e séries de televisão.

Poucos são aqueles que não conhecem o nome do traficante de drogas mais famoso do mundo. Se assistiu à icónica série “Narcos” (possivelmente uma das melhores de sempre da Netflix) então sabe que o colombiano era um dos homens mais ricos do mundo e dono de inúmeros carros de luxo e mansões. Uma delas ficava na costa de Tulum, um dos paraísos da Riviera Maya, na península de Yucatán, no México.

Nos anos 70, quando o governo mexicano decidiu transformar a agora popular cidade de Tulum num destino de férias, Escobar adquiriu uma das propriedades mais exclusivas da zona e era lá que se encontrava com outros narcotraficantes. Quando morreu, em 1993, a mansão ficou praticamente abandonada, mas uma casa com aquele historial não podia desaparecer do mapa.

Em 2012, o colecionador de arte Lio Malca comprou a mansão e transformou-a num hotel de cinco estrelas. A Casa Malca abriu em 2015 e está decorada com obras de arte da própria coleção do proprietário. No lobby do hotel, por exemplo, encontra pinturas e esculturas de artistas contemporâneos como Basquiat e KAWS.

Com acesso direto a uma praia de areias brancas banhada pelo mar das Caraíbas, o luxuoso alojamento tem sido procurado por várias celebridades, como a atriz Cara Delevingne ou a modelo Elle Macpherson. Assim que os hóspedes chegam à antiga mansão de Escobar, são recebidos por obras de arte únicas.

A Casa Malca dispõe de 71 quartos, todos com janelas panorâmicas que oferecem vistas para o mar. Diz-se que o narcotraficante colombiano dormia onde está hoje a suite principal, que possui paredes e chão pretos e um chuveiro com efeito de chuva. As suites estão rodeadas por enormes palmeiras que oferecem privacidade ao longo da praia. Os preços começam nos 450€ por noite.

A unidade hoteleira conta ainda com duas piscinas, uma gruta subterrânea (apenas para adultos), dois restaurantes e um spa. O restaurante Philosophy, por exemplo, serve comida mexicana com um toque internacional.

Como lá chegar

Para chegar à Casa Malca, primeiro terá que voar até à cidade de Cancún, no México. Se partir de Lisboa, encontra bilhetes de ida desde 310€.

Ao chegar à cidade mexicana, deve apanhar um autocarro no aeroporto que o levará até Tulum. A viagem demora cerca de uma hora e meia. Como o hotel ainda fica a 11 quilómetros da paragem, o melhor é chamar um táxi.

De seguida, carregue na galeria para descobrir como está a antiga mansão de Pablo Escobar.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT