Turismos Rurais e Hotéis

A quinta a menos de 1 hora de Lisboa onde pode adormecer e acordar no meio das vinhas

O casal Armando e Lucília instalou três cabanas de madeira na propriedade onde vivem, em Turcifal. Agora, começaram a receber hóspedes.
Fica na vila de Turfical.

Lucília Neves tinha pouco mais de 12 anos quando conheceu Armando Santos, o irmão de uma das suas melhores amigas da escola. Na altura, não imaginava que, anos mais tarde, se tornaria no pai dos seus filhos. Casaram, fundaram uma família e têm sido felizes numa quinta situada na pacata vila de Turcifal, em Torres Vedras. É o sítio onde os sonhos se realizam.

“Vivíamos em Lisboa, mas o meu marido gostava de passar os fins de semana na propriedade dos avós. Entretanto, fartou-se da capital e, quando a herdou a quinta, mudámo-nos definitivamente”, começa por contar à NiT a mulher, de 61 anos. Já se passaram quase três décadas desde o momento em começaram a transformar aquela a que chamavam “casa da batata” — era ali local que guardavam os tubérculos após as colheitas — no sítio onde viveriam nos anos seguintes. 

“Era um espaço grande, mas tive de ser ampliado para ali construirmos a nossa habitação”, recorda. Assim que se mudaram para lá, Armando decidiu criar uma vinha com pouco menos de um hectare, apenas por gosto, nunca com o intuito de negócio. “Produz um vinho muito natural e saboroso, apenas para consumo da família”, explica.

Volvidos 28 anos, o casal começou a olhar para o espaço de forma diferente na altura da pandemia. Mais do que um sítio para viver, podia perfeitamente ser utilizado como um refúgio de férias, a pouco menos de uma hora de Lisboa. Já lá tinham uma adega e uma piscina coberta — só faltava mesmo um sítio para acomodar os hóspedes.

“Percebemos que tínhamos espaço e infraestrutura para colocar lá umas casas e poderia ser uma forma de rentabilizarmos a propriedade. A ideia surgiu um bocadinho por aí”, confessa. Assim, começaram a pesquisar cabanas de madeira para “não fugir à traça” do local, mas foi um processo que se revelou mais difícil do que o esperado.

“Tivemos uma certa dificuldade em arranjar aquilo que queríamos e, quando finalmente conseguimos, veio a pandemia. Mandei vir grande parte das coisas online, mas quando foi possível ir às lojas, ia buscar as peças que se adequavam ao espaço”, refere. O objetivo da Casas da Vinha, nome que escolheram dar ao alojamento rural, seria oferecer um “ambiente muito clean e simples”.

Dois anos após o arranque do projeto conseguiram (finalmente) instalar três cabanas de madeira no terreno, cada uma com o nome das castas de vinho que produzem na propriedade: Tinta Roriz, Periquita e Syrah, que estão disponíveis para reservas no Airbnb desde finais de setembro. 

As construções são praticamente idênticas, com 25 metros quadrados, uma cama de casal, casa de banho e cozinha. Um dos destaques é o deck em frente à cabana, que fica mesmo em cima da vinha e tem vista para o vale. 

Além das três unidades de alojamento, os hóspedes têm acesso à piscina no exterior, que pode ser cobertura nos meses de inverno ou ao ar livre no verão. Existe ainda uma casa de banho e duche de apoio, assim como uma zona de churrasqueira que, à semelhança da piscina, tem uma parte aberta e outra coberta. “Mesmo que chova é possível fazer ali o churrasco. Temos lá mesas e cadeiras e ainda temos um espaço onde as pessoas podem fazer uma fogueira”, destaca.

As Casas da Vinha dispõem ainda de uma adega, que pode ser visitada pelos hóspedes. Caso desejarem, podem provar os vinhos produzidos por Armando Santos há mais de 20 anos, que virá acompanhado por queijos e tostas. As reservas podem ser feitas através do Airbnb, com preços entre os 65€ e 75€ por noite.

Carregue na galeria para conhecer o novo alojamento no Turcifal, em Torres Vedras.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua José Martins
    2565-803 Torres Vedras
ESTILO
alojamento local
PREÇO MÉDIO
Entre 100€ e 200€
AMBIENTE
urbano

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT