Turismos Rurais e Hotéis

A Quinta da Resteva tem os 2 chalés mais românticos do Minho (e esta incrível piscina)

Com vistas para o rio e para a serra do Gerês, é o refúgio perfeito para uma escapadinha a dois. O difícil será voltar a casa.
Um refúgio secreto.

Arranjar o spot perfeito para uma escapadinha a dois é cada vez mais difícil. Se antes da pandemia os hotéis em grandes cidades estavam no topo das preferências dos casais, nos últimos anos, foram as unidades rurais que conheceram maior procura. Os empreendimentos quase secretas e longe da confusão são agora a nova tendência dos apaixonados (e não só). A Quinta da Resteva, em Vieira do Minho, tem sido uma das mais concorridas — afinal, atrativos não lhe faltam. Situada entre o Gerês e a Cabreira é ali que se encontram os dois chalês mais românticos da região.

O alojamento no Minho nasceu quando Carla Andrade de 36 anos, e Denis Camus de 42, decidiram criar um novo negócio. O processo não foi fácil, mas hoje dizem ser completamente recompensador. Viviam em França, mas fartos de uma “rotina muito pesada”, decidiram abandonar as carreiras “boas e seguras” para criarem algo novo. Para Carla, que tinha nascido em Louredo, o destino final seria só um, e Denis, que conhecia bem a zona devido às férias que ali passava, concordou.

Em 2018, pegaram nos filhos, despediram-se dos empregos (ela era técnica farmacêutica e ele bancário) e mudaram-se para Portugal. Uns meses depois começaram o projeto que hoje descrevem como “para a vida”. Tudo começou com a venda de um terreno perto da casa onde viviam. Perceberam que a propriedade tinha potencial e dada a lacuna de T1 verdadeiramente aconchegantes e pensados para receber visitantes da melhor forma, decidiram aventurar-se numa nova área. Rapidamente colocaram “mãos à obra”, como nos diz a empreendedora.

Um ano e meio depois, a Quinta da Resteva estava pronta a inaugurar. “Foi um processo muito duro, cheio de papelada e dores de cabeça”. Pelo meio, com a mudança de sede do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas de Lisboa para Braga, tiveram até os seus papéis perdidos entre cidades, o que dificultou tudo. Sim, porque a Quinta da Resteva não fica num sítio qualquer. O empreendimento está localizado numa área protegida, entre duas serras — a do Gerês e a da Cabreira , e foram necessárias autorizações especiais. Nada os fez desistir, e hoje, o facto de estar num lugar tão natural leva Carla a realçar a sua exclusividade. “A vista é única”, diz-nos.

Denis Camus é francês e fizeram questão de imprimir ao projeto algo que remetesse para o país onde nasceu, daí a opções pelos chalés. Afinal, além da origem da palavra, “a madeira também se iria encaixar muito bem na envolvente”.

Começaram a receber visitantes a 21 de agosto de 2021 e graças a um investimento de 200 mil euros. A Quinta da Resteva inclui dois chalês idênticos: o do Ribeiro e o do Rio. Com orientações diferentes, ambos têm capacidade para quatro pessoas e um bebé, um jardim e uma piscina privada. E se a vista para o Parque Nacional da Peneda Gerês surpreende, lá dentro, a situação não é diferente. “São alojamentos aconchegado e quentes, perfeitos para o inverno”, assegura a responsável. Não admira, portanto, que os visitantes mostrem pouca vontade de irem embora.

“Acontece muito. Temos hóspedes que ainda nem dormiram a primeira noite e já estão a pensar regressar uns meses depois. Ainda agora tivemos uns que estiveram cá em dezembro e que já marcaram para agosto”, revela à NiT a empreendedora.

Os comentários positivos deixados no site de reserva refletem o sucesso do alojamento. “A acomodação é imbatível, altamente recomendável para desconectar”, lê-se. “Impressionante acordar com essas vistas” ou “Vamos repetir com certeza”, são outros dos elogios. Não é por acaso, portanto, que tenha a nota máxima dada pelos hóspedes (10 em 10).

O preço da estadia depende da altura do ano (78€ por noite na época baixa, 105€ de maio a junho, e 135€ de julho a setembro), sendo cada reserva deve incluir, no mínimo, duas noites. O melhor é que pode conhecer a serra, o rio e as cascatas — “que agora, no inverno, estão incríveis” — acompanhado pelos seus animais de estimação, já que a Quinta da Resteva é pet-friendly.

Carregue na galeria e fique a conhecer os dois chalês mais românticos do Minho.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua da Resteva nº60
    4850-212 Louredo
ESTILO
alojamento local
PREÇO MÉDIO
Entre 100€ e 200€
AMBIENTE
familiar

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT