Turismos Rurais e Hotéis

A Quinta de Carcavelos é o novo retiro para as família voltarem ao campo em Amarante

O turismo rural tem apenas oito quartos — todos dedicados a figuras famosas da região. A NiT conta-lhe os pormenores.
A piscina é perfeita para estes dias de calor

Foi ao fim de uma longa década em Angola que decidiu voltar. De volta a Portugal, Ana Neves sabia que queria dedicar-se a um novo negócio. Não sabia qual, até que decidiu comprar uma velha quinta abandonada. Um ano depois, a Quinta de Carcavelos é o novo turismo rural da região de Amarante, que abriu em maio deste ano. 

Aos 37 anos, a proprietária até tem um passado ligado à hotelaria. Tirou o curso profissional de cozinha, apesar de nunca ter exercido. Acabaria por ir em 2006 para Angola, onde até trabalhou na área, antes de se virar para a decoração e artesanato.

Já mãe, decidiu voltar, não à sua terra-natal, na Serra da Estrela, mas a Amarante, terra do marido. “Queríamos fazer um investimento e não queríamos ficar fechados num gabinete. Surgiu então a ideia de apostar num turismo rural”, conta à NiT.

A Quinta de Carcavelos foi um dos primeiros e últimos locais que visitaram. O antigo espaço de turismo de habitação deixou de funcionar em 2005, altura em que os proprietários terão desaparecido sem deixar rasto. Para trás deixaram uma casa totalmente mobilada, mas que em 2019 estava bastante degradada.

Ana Neves avançou com um projeto de remodelação na velha casa de granito, sobretudo para renovar o interior. Ao terreno da quinta juntaram três hectares de vinha de uma propriedade vizinha.

Feita a obra e inaugurado o espaço, o novo turismo rural está dotado de oito quartos, quatro suites e quatro quartos standard. Todos idênticos na disposição e decoração, diferenciam-se por pequenos detalhes inspirados nos amarantinos famosos que emprestam o nome a cada alojamento.

“Queríamos criar um espaço acolhedor, rústico. Queríamos também que tivesse uma ligação à zona de Amarante e por isso demos nomes a cada um dos quartos”, conta. Entre eles está Amadeo de Souza Cardoso, Agustina Bessa Luís, Teixeira de Pascoaes ou Acácio Lino.

O restante espaço da casa está reservado a uma sala de pequenos-almoços e uma sala comum com televisão, jogos, livros e um honesty bar. Mas é no exterior que se vive a quinta.

A piscina é o ponto de encontro deste turismo, que conta ainda com uma pequena hora. Quem preferir explorar o campo, pode passear pelas vinhas ou fazer um piquenique (com cesto providenciado pelos proprietários) junto a um pequeno riacho nas proximidades.

Apesar de os hóspedes procurarem habitualmente a quinta como retiro, não é possível fazer refeições no local. Ana explica que deixa em aberto a possibilidade de irem buscar a comida fora e consumirem por ali. Ninguém vai levantar problemas.

Passar uma noite neste retiro rural custa entre 75€ e 95€. O pequeno almoço está, claro, incluído.

Carregue na galeria para ver mais imagens desta renovada Quinta de Carcavelos.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua de Carcavelos, 381, Mancelos, Amarante
ESTILO
turismo rural
PREÇO MÉDIO
Entre 50€ e 100€
AMBIENTE
rural

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT