Turismos Rurais e Hotéis

Adeus, tabus: o hotel em Tavira onde os hóspedes deixam a roupa na mala

É descrito como um espaço de liberdade e relaxamento onde o objetivo é "esquecer as preocupações referentes ao corpo".
Não existem tabus.

Se nem todos conseguem andar integralmente despidos em casa, são ainda menos os que equacionam fazê-lo num local público. Apesar de já existirem muitos locais públicos onde a prática do naturismo é comum (e legal), como algumas praias, nem todos conseguem despir-se da roupa e dos preconceitos ou ideias feitas. Porém, para aqueles que equacionam experimentar este estilo de vida e gostariam de o fazer num ambiente mais reservado, já existem hotéis e alojamentos para naturistas em Portugal. Um deles fica em Tavira, no Algarve.

O Vila Pura surgiu em abril de 2018, e os responsáveis pelo projeto são Carlos Domingues, de 57 anos, e Filomena Domingues, de 61. Ambos são naturistas há mais de três décadas. “Quis mudar de vida aos 50 anos. Foram muitos anos fechado numa fábrica. Trabalhava na indústria da cerâmica em Alcobaça”, conta à NiT Carlos Domingues. “Surgiu a oportunidade e foi precisa muita força de vontade, especialmente numa fase da vida em que as coisas já são diferentes”, acrescenta.

Dada a natureza do alojamento, seria expectável que a maioria dos hóspedes fossem praticantes de naturismo há vários anos, mas essa não é a realidade. “Temos muitos visitantes que vêm para praticar nudismo pela primeira vez. Por ser um espaço mais acolhedor e familiar sentem-se mais confortáveis. Claro que há sempre um ligeiro nervosismo, mas as outras pessoas ajudam a que o percam”, comenta um dos proprietários.

O objetivo da experiência é relaxar totalmente, no meio do campo e do silêncio absoluto. O desejo do casal anfitrião é que os hóspedes se sintam em liberdade, e que “esqueçam as preocupações referentes ao corpo, se é bonito ou feio”, frisam. “Aqui somos todos diferentes, mas todos iguais. Há respeito pelo corpo humano, relaxamento, liberdade e, claro, algum erotismo.”

Segundo Carlos Domingues, 30 por cento dos hóspedes são portugueses e 70 por cento são estrangeiros, confirmando que o naturismo é um estilo de vida ainda está em crescimento no nosso País. De vez em quando recebem hóspedes que não praticam nem estão interessados no naturismo, embora sejam uma percentagem quase nula — e, muitas vezes, chegam ali por puro engano.

Pessoas livres de roupa em todas as áreas comuns não é a única coisa que vai encontrar no Vila Pura, um espaço descrito pelo proprietário como sendo um hotel. “O alojamento inclui pequeno-almoço, piscina exterior de água salgada e aquecida, uma piscina pequena interior também aquecida, um jacuzzi e serviço de massagens.”

A decoração é temática e focada nos sete pecados mortais, que marcam presença especialmente nos quartos através de pequenos apontamentos coloridos que referenciam a cor de cada um. Também encontra quadros criados por uma artista portuguesa que retratam várias figuras — sem roupa, claro. As imagens são acompanhadas por “um texto que explica o que é esse pecado e a virtude associada ao mesmo”, acrescenta Carlos Domingues.

Em julho e agosto, uma noite no Vila Pura custa 140€ e 160€, respetivamente. Em setembro, o preço volta a baixar para os 140€.

Carregue na galeria e fique a conhecer melhor o hotel onde se poderá absolutamente livre (da roupa, pelo menos).

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT