Turismos Rurais e Hotéis

Casa Nossa: já pode dormir (ou casar) na herdade alentejana do chef José Avillez

O alojamento é um “paraíso escondido” e abriu portas em março. Fica junto à margem do Alqueva, com 10 suites maravilhosas.
Abriu em março de 2023.

Com vista para o Alqueva e guardada pelos montes do Alentejo esconde-se a Casa Nossa, o primeiro alojamento de José Avillez, o chef português com mais estrelas Michelin no País. Habituado a estar à frente de negócios na área da restauração, decidiu aventurar-se no setor do alojamento por um motivo muito simples: apaixonou-se pelo Alentejo.

“O chef José Avillez apaixonou-se pelo sítio assim que o viu. A propriedade foi completamente recuperada, foi tudo feito de novo e tem uma vista muito bonita para a barragem”, conta à NiT a responsável de comunicação, Mónica Bessone. A Casa Nossa ‒ The Lake Farmhouse abriu oficialmente nesta terça-feira, 7 de março, e é “um paraíso escondido no Alentejo”, segundo os responsáveis.

A herdade alentejana, junto à margem do Alqueva, foi recuperada pelo premiado chef português em conjunto com a sua mulher, Sofia Ulrich, leitora compulsiva e fotógrafa amadora. O casal desenhou e construiu “uma casa de inspiração alentejana, num compromisso entre tradição e modernidade”.

Com vistas deslumbrantes e com 65 hectares de paisagem natural junto ao lago, a propriedade fica em Campinho, ao lado de Monsaraz. Apesar de ter o conforto e os serviços de uma unidade hoteleira de cinco estrelas, “não se trata de um hotel, mas sim de uma propriedade para alugar por inteiro”, de forma a oferecer total privacidade aos hóspedes e “uma estadia memorável”.

A Casa Nossa é somente alugada em regime de exclusividade e dispõe de 10 suites, assim como muitos outros espaços para conviver. O alojamento inclui ainda uma sala de estar com enormes janelas com vista para a paisagem típica alentejana, uma garrafeira com sala para prova de vinhos e uma sala de cinema e de espetáculos.

Como não podia deixar de ser, a cozinha é de matriz portuguesa e assinada pelo chef José Avillez. Os hóspedes podem escolher entre uma seleção de pratos tradicionais e contemporâneos, que são preparados todos os dias seguindo o modelo farm-to-table: sao privilegiados os produtos sazonais e locais e, claro, os produtos da herdade. Isto porque a propriedade, além de estar rodeada por azinheiras centenárias, plantas autóctones, árvores de fruto e ervas aromáticas, tem uma horta onde se cultivam os melhores vegetais de cada estação.

Já no exterior, para aproveitar toda a paisagem. Existe um enorme alpendre com vistas de 180 graus sobre o lago. A herdade conta também com duas piscinas exteriores e um acesso direto ao lago do Alqueva, com uma pequena praia fluvial e um ancoradouro privado para desportos náuticos. 

Por estar junto à margem do Alqueva, os hóspedes podem fazer passeios inesquecíveis de barco pelo lago, com piqueniques a bordo. Ginásio, massagens, ioga, padel e ténis são outras das atividades que podem praticar no alojamento.

Quanto à decoração, o ambiente da Casa Nossa é “discretamente sofisticado”, graças à assinatura do design de interiores foi o Studio Astolfi. Pelo alojamento existem ainda várias peças de artesanato português, com curadoria de Felipe Almeida.

Como não há sítio mais romântico e tranquilo do que o Alentejo, o alojamento do chef português oferece muito mais do que simples estadias: pode ser o local perfeito para vários eventos, seja um casamento ou uma festa de aniversário com 100 pessoas, no máximo.

Graças às 10 suites, o espaço tem capacidade para acomodar até 20 hóspedes. A propriedade é alugada em regime de exclusividade, sendo que a ocupação mínima é de seis quartos. O valor da estadia tem início nos 4.500€ por noite, para seis suites. As reservas devem ser feitas para o email casanossa@nulljoseavillez.pt

Carregue na galeria para conhecer melhor a Casa Nossa, o primeiro alojamento de José Avillez.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Herdade da Defesinha, Campinho
    7200-503  Reguengos de Monsaraz
ESTILO
turismo rural
PREÇO MÉDIO
Mais de 200€
AMBIENTE
rural

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT