Turismos Rurais e Hotéis

Centro Cultural de Belém quer abrir 2 empreendimentos hoteleiros já em 2027

Há muito que este projeto anda a ser discutido e, agora, parece que vai mesmo avançar. Também incluirá uma galeria comercial.
A renda não é (nada) barata.

O Centro Cultural de Belém, em Lisboa, quer criar dois novos alojamentos na sua propriedade, um hotel e um aparthotel, já em 2027. A isto juntam-se outros projetos, como lojas e escritórios, divulgou.a instituição esta terça-feira, 10 de outubro.

Estas novidades deverão ser construídas nos dois módulos (4 e 5) que estão a ser pensados há já 30 anos, ampliando assim a capacidade do edifício atual. “Se tudo correr bem, e assim se espera, poderemos ter em 2027 hotel e centro de comércio e serviços” numa área com 23 mil metros quadrados, avança Elísio Summavielle (presidente da Fundação CCB), aqui citado pelo “ECO”. O responsável adiantou ainda que as receitas dos empreendimentos poderão ser utilizadas para “aumentar a qualidade da oferta cultural”.

O hotel terá 161 quartos duplos e o aparthotel terá 126 alojamentos. Quem estiver interessado em tomar as rédeas destes serviços deverá apresentar uma candidatura à Fundação CCB nos próximos 50 dias.

A concessão prevista para aquele espaço é para 65 anos, que podem ser prolongados. Durante o período de construção, a renda ficará fixada em 350 mil euros. Após os projetos estarem finalizados e abertos ao público, a mensalidade sobre para 1,25 milhões.

Esta não é a primeira vez que o Centro Cultural de Belém lança um concurso para a construção dos dois módulos adicionais. Tal já tinha sido feito em 2018, e o objetivo também era receber uma galeria comercial e alojamentos. No entanto, não houve interessados, em parte devido ao valor da renda de 300 mil euros (que passava para 900 mil euros quando estivessem finalizados).

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT