Turismos Rurais e Hotéis

Chalet da Ovelhita: a escapadinha para quem gosta de neve (sem sair de Portugal)

Parece saído da Heidi ou de um romântico filme, mas está no Airbnb da Covilhã. E começa nos 100€ por noite.
Maravilhoso.

É um clássico visto e revisto nas séries e cinema de Hollywood: quando as coisas ficam difíceis, ou quando surge uma época de férias, há sempre uma cabana de família, normalmente maravilhosa, com dois andares, uma lareira, estrutura de madeira, situada no meio da natureza e rodeada de neve para o toque romântico final. É ali que os personagens se reencontram, descansam, cumprem tradições, criam memórias inesquecíveis — ou tudo isto junto.

Em “Friends“, “Foi Assim que Aconteceu“, “This is Us“, ou no filme de Natal “O Amor não tira Férias“, apenas para nomear alguns, lá está ela, a cabana com sofás cheios de mantas fofinhas, uma kitchenette castiça, janelas antigas com uma vista para o campo lindo porém frio, enquando o interior é aquecido por uma lareira ou salamandra.

Na Serra da Estrela, uma das maiores riquezas a nível ecológico e natural em Portugal e um dos locais favoritos de escapadinhas de inverno para a maioria dos portugueses, encontra-se uma cabana dessas. E o melhor é que a pode alugar, mesmo no Airbnb.

A sala.

Chama-se Chalet da Ovelhita, e o nome não podia ser mais adequado: além das anteriores referências, também poderia ser uma casa de pastores, saída diretamente das serras dos Alpes de “Heidi”.

Fica nas Penhas da Saúde, a 1.500 metros de altitude, em pleno Parque Natural da Serra da Estrela; e está inserida num negócio familiar com um popular restaurante e alguns alojamentos, entre os quais este Chalet.

O restaurante é o Varanda da Estrela, uma referência da região, a funcionar desde 1984. Em 2016, os proprietários decidiram dedicar-se à restauração e abriram duas casas de férias: a Casa Ti Manel e a Casa Ti Maria e duas cabanas: o Abrigo do Pastor e este Chalet da Ovelhita, também disponível no Airbnb.

As casas e cabanas estão, explicam os donos do espaço, “discretamente inseridas na paisagem como uma agradável descoberta para uns dias verdadeiramente eco”.

O conforto das casas, o espaço envolvente, o rio para uns banhos e as vistas do alpendre num calmo fim de tarde a contemplar o espectáculo do pôr do sol são argumentos irresistíveis para visitar os alojamentos no verão.

No inverno, quase não precisa de argumentos: tem a neve, as atividades radicais, a incrível localização e o regresso ao tal ambiente reconfortante e romântico de uma lareira, depois de um dia de natureza e de diversão.

De fora.

Todos os alojamentos são incríveis e variados na oferta e dimensão — pode descobri-los online. Mas este Chalet, com dois quartos de casal e um quarto de casal com cama individual, dois andares, sala com sofá-cama, casa de banho, kitchenette, aquecimento central e salamandra a lenha é um verdadeiro sonho de inverno.

Como se isto não bastasse, “os nossos clientes podem dormir e fazer as refeições no restaurante”, adianta um dos proprietários à NiT. Os preços começam nos 100€ na época baixa e nos 125€ na alta, para a casa toda. Ainda há datas disponíveis para este mês de dezembro, no qual o Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê a continuação de neve consistente. Consegue duas noites por cerca de 350€ já esta semana, por exemplo.

Para épocas festivas, como o Natal e o Ano Novo, os valores são sob consulta. Para quem já visitou o espaço e deixa a sua apreciação no Airbnb, a avaliação parece ser tudo o que se espera. Boa localização, hospitalidade, lenha à vontade, limpeza e conforto são alguns pontos fortes. E, claro, algo esperado quando é da Serra da Estrela que falamos, as “vistas fabulosas”. 

A vista.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT