Turismos Rurais e Hotéis

Cotto do Gatto: o novo hotel rural do País fica no topo de um monte e tem duas piscinas

Fica em Ponte de Barca e abre no dia 23 de junho. Os quartos são inspirados nas tradições da região e os patudos são bem-vindos.
Há um lounge com vista panorâmica.

Cotto do Gatto é um nome fora do comum que depressa fica no ouvido e, surpreendentemente, nada tem a ver com gatos. É o nome do novo hotel rural que está prestes a abrir em Ponte de Barca, no distrito de Viana do Castelo.

A família Oliveira vive nesta vila portuguesa há 27 anos e precisamente no sítio onde está localizado o Cotto de Gatto tinham uma casa de férias, onde costumavam passar o Natal. Numa localização privilegiada em plena harmonia com a natureza, o retiro familiar transformou-se num hotel e, em breve, será um refúgio para muitas outras famílias.

Não é, na verdade, o primeiro negócio no concelho do casal José e Deolinda Oliveira, ambos com 60 anos. Primeiro começaram por abrir o restaurante Sant’Ana, que mais tarde passou a incluir uma área dedicada a eventos. O negócio correu tão bem que decidiram crescer e abrir também um hotel, um projeto desenvolvido com a ajuda da filha Sandra Oliveira, pós-graduada em turismo. 

“Apresentei a ideia aos meus pais e eles alinharam. Tudo começou em 2015, tivemos de enfrentar várias dificuldades pelo caminho, mas finalmente conseguimos concluir o projeto”, conta à NiT Sandra Oliveira. A abertura está prevista para o dia 23 de junho, quarta-feira, mas foram anos de luta até conseguirem concluir o hotel. 

“Quando começámos a construir, o terreno pertencia a Vila Verde e recebemos um aviso a dizer que estávamos a construir num território onde não tínhamos licença. Tivemos de perceber a origem e a história da legalidade dos terrenos”, explica. Vieram a descobrir que o alojamento ficava situado num monte que se chamava Cotto de Gatto, nome que mais tarde viriam a dar ao hotel, uma homenagem à toponímia original do local.

Localizado mesmo no topo do monte, os hóspedes têm uma vista privilegiada sob as montanhas. O alojamento fica relativamente perto da barragem de Lindoso, do Parque Nacional Peneda Gerês e de muitas das cascatas mais procuradas do País.

O Cotto de Gotto está inserido numa paisagem rural e os quartos são todos inspirados na natureza e tradições da região, tanto nos materiais utilizados como na decoração. O hotel dispõe de 28 quartos, sendo que quatro deles são suites e um é adaptado a pessoas com mobilidade reduzida.

Com uma decoração singular que “combina detalhes rurais com características da atualidade”, todos os espaços foram pensados ao máximo detalhe. Os quartos estão divididos por oito temáticas relacionadas com os produtos do Alto Minho, como o mel, vinho, trigo, oliveira, terra, alfazema e água.

As suites “Oliveira”, por exemplo, são “projetadas sobre a majestade destas árvores” e um “tributo à sabedoria, à paz, à abundância e ao triunfo de uma vivência singular”. Estão equipadas com uma cama de casal king size, minibar, cofre e casa de banho privada com chuveiro e banheira. 

A varanda lateral tem vista para o jardim das Oliveiras e para a Serra do Oural. O grande destaque destas suites é o mini jacuzzi, que “pode ser apreciado num ambiente open space com o quarto, ou numa versão mais intimista e privada”.

Dentro do mesmo conceito, existem ainda as suites “Coração de Viana”, alusivas à cidade, com uma combinação invulgar de tons e texturas. Estes espaços dispõem de uma sala de estar com lareira, criando o ambiente perfeito para uma experiência romântica.

Em relação aos quartos, pode optar por pernoitar nos “Natura”, com inspirações no mel, vinho, alfazema e centeio, nos “Duplos”, pensado para famílias ou pequenos grupos, ou no “Terra”, adaptado a pessoas com mobilidade condicionada. Todos incluem uma cama de casal ou duas individuais, têm varanda privativa e oferecem um “ambiente de pura tranquilidade e serenidade”.

O hotel conta ainda com uma biblioteca com uma lareira ao centro e um lounge bar com um piano Bechstein, que irá certamente proporcionar bons momentos musicais aos hóspedes. Outro dos destaques é o lounge ao ar livre com uma vista panorâmica, ideal para degustar um copo de vinho ao pôr do sol. No exterior existem duas piscinas, uma para os adultos e outra para os miúdos, que convidam a uns relaxantes banhos de sol. 

Se quiser levar o patudo, o Cotto de Gatto é pet friendly e até tem não um, mas dois canis prontos a receber os animais. 

Os preços por noite rondam os 150€ na época alta e os 90€ na estação baixa. De seguida, carregue na galeria para conhecer o Cotto de Gatto.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua de Santana 115A
    4980-353 Ponte da Barca
ESTILO
hotel rural
PREÇO MÉDIO
Entre 100€ e 200€
AMBIENTE
rural

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT