Turismos Rurais e Hotéis

Este resort no Algarve com 10 piscinas é um sonho para os miúdos (e para os pais)

O humorista e cronista da NiT, Miguel Lambertini, passou uns dias com a família no NAU Salgados Palm Village, em Albufeira.
É mesmo o paraíso.

Em mais um episódio da saga “Miguel esquadrinha os melhores locais para passar tempo de qualidade em família, principalmente com miúdos pequenos, porque todos sabemos que a partir da adolescência não vale a pena contar com eles porque, regra geral, perdemos os sacaninhas para as hormonas”, rumámos até ao Algarve. No GPS colocámos NAU Salgados Palm Village, o resort vencedor dos prémios Publituris 2018 na categoria de melhor resort para famílias, com regime tudo incluído, que fica na Herdade dos Salgados, em Albufeira.

O tudo incluído foi inventado a pensar em dois tipos de pessoas: indivíduos que apreciam começar a beber cerveja às dez da manhã e putos que a cada meia hora perguntam se podem comer. Estávamos, por isso, no sítio certo, já que os meus filhos adoram uma boa taça de Chocapic com cerveja.

Assim que entramos no Nau Salgados Palm Village a primeira coisa que salta à vista é a vegetação que envolve o resort, repleto de palmeiras, o traço distintivo desta unidade que nos remete para o ambiente de um oásis marroquino. Constatei assim que estava perante um hotel que, se tudo o resto falhar, pelo menos é coerente: chama-se Palm Village e palmeiras não faltam.

No check-in, ao olhar para o mapa, apercebemo-nos também que o resort tem mais piscinas do que alguns parques aquáticos. São dez ao todo (sim, leu bem) quatro delas reservadas aos mais novos, distribuídas pelos blocos de apartamentos. Todas elas são redondas, a fazer lembrar pequenos lagos, e as exclusivamente para crianças são à prova de susto, porque são rasas.

Além disso, as unidades de alojamento familiar estão divididas por blocos, cada um com o seu próprio conjunto de piscinas, o que é perfeito porque conseguimos ir ao quarto com facilidade, por exemplo, quando nos apercebemos que exageramos nas panquecas com Nutella ao pequeno-almoço.

Na verdade, chamar “quarto” ao local onde ficámos acomodados não faz, de todo, jus ao espaço. Trata-se de um apartamento T2 amplo ideal para famílias ou grupos de amigos, com uma zona de estar espaçosa e dois quartos separados, um deles em suite. Além disso, cada apartamento inclui uma varanda privativa ou terraço com vista para a piscina e jardins.

O nosso tinha ambos, uma varanda na parte traseira e um mega terraço com vista, espreguiçadeiras e uma cama de rede perfeita para fazer uma sesta. E quando digo mega, não estou a exagerar, dava para utilizar como ringue de patinagem, mas à falta de equipamento acabámos por utilizar como campo de futebol para uma peladinha rápida antes do jantar. Agora, o melhor de tudo foi mesmo a surpresa que nos deixaram escrita nos espelhos, em forma de mensagem de boas-vindas. Com várias cores, ilustrações e muita piada (parabéns ao copy) fizeram-nos sentir muito bem-vindos e foi, seguramente, um dos melhores acolhimentos que tivemos até hoje.

Montado o estaminé, fomos à descoberta daquele que seria o nosso refúgio nos três dias seguintes. Como qualquer pai que pretenda ser digno de usar esse nome, a minha principal preocupação era saber onde ficava o kids club e, mais importante ainda, a que horas abria e fechava. Quando me informaram que a animação se prolongava até às 22h30 soltei uma pequena lágrima de felicidade.

O Kids Club do Palm Village é único e é muito capaz de ser o melhor que já conhecemos. Está situado num terreiro amplo, rodeado de árvores, com muita relva e um telheiro ao fundo que também serve de palco para as danças do Zoing, a simpática mascote de três olhos que puxa pelos mais pequenos. Todo o espaço é 100 por cento voltado para o exterior, o que privilegia as interações ao ar livre e impede as crianças de estarem, nas férias, fechadas numa sala.

Os animadores, divertidos e empenhados, fazem um ótimo trabalho a entreter os miúdos, enquanto os pais podem estar tranquilamente na piscina a tomar um cocktail. Há cinema, minidisco, karaoke, espetáculos de magia, brincadeiras na piscina e até yoga. E quando não estão a orientar alguma atividade específica, os monitores desafiam os miúdos para jogar vólei (num campo de areia) ou futebol, o que obviamente conquistou imediatamente o meu filho mais velho.

O kids club recebe crianças até aos 12 anos, mas para aqueles que já passaram esta marca e não querem limitar-se a ficar esparramados a apanhar sol com a pulseirinha do tudo incluído a brilhar, a animação também não foi esquecida. Há um programa de atividades de segunda a domingo que passa por torneios de petanca, arco e flecha, mini-golf, bingo, ou mesmo beer pong. Pode ainda fazer como eu e dar um pulo ao SPA, para relaxar um pouco, já que parecendo que não, estar de papo para o ar na piscina o dia todo, cansa um pouco.

O Felicitás Spa Palace fica no “hotel irmão”, NAU Salgados Palace, a uma distância curta a pé e é um SPA à séria. Com 1.000 metros quadrados de serenidade, estão disponíveis várias opções de tratamento relaxantes e uma piscina interior com hidromassagem, jacuzzi, além dos clássicos banho turco e sauna, com um custo de 10€ por dia, para clientes de ambos os hotéis. Há ainda um ginásio gratuito para hóspedes que queiram queimar algumas das calorias que foram acumulando ao longo da estadia, já que com a pulseirinha no pulso fica mais difícil resistir a algumas tentações gastronómicas.

Por falar nisso, no que toca à alimentação, a oferta não só é tudo incluído, como é muito variada. O resort disponibiliza três restaurantes buffet de cozinha portuguesa e internacional, incluindo pratos italianos, barbecue e estações de showcooking que funcionam quase sem parar e com muita boa vontade por parte do staff que permite saltitar entre restaurantes para quem, como eu, gosta de um pot-pourri de salsicha toscana, com arroz de polvo e pizza Margherita. Há quem chame ser um alarve, eu gosto de chamar pot-pourri.

O resort tem ainda dois bares, estacionamento ao ar livre e subterrâneo com um posto de carregamento elétrico, acesso a Wi-Fi gratuito em todas as suites, parque infantil, ginásio ao ar livre, campo de voleibol, três campos de ténis, um campo de futebol e uma área relvada para a prática da malha. Com tudo isto, para além de 10 piscinas ao nosso dispor, não ficámos com muita vontade de ir à praia. No entanto, entre maio e outubro, o hotel faculta transporte até à Praia da Galé Oeste, num comboio turístico gratuito, que funciona das 09h30 às 18h30. Os mais pequenos vão adorar fazer esta viagem até à praia, mas é igualmente possível deslocar-se a pé, para quem tiver vontade de fazer um passeio de cerca de 10 minutos pelo passadiço.

E agora, se está a pensar “ok, isto é tudo muito bonito sim senhor, mas eu não tenho onde deixar o meu patudo”. Pois fique sabendo que o NAU Salgados Palm Village é pet friendly, e aceita cães e gatos até 10 quilos, mediante informação prévia, aprovação e pagamento de um suplemento por noite. O resort fornece tigelas e ainda uma surpresa especial para que os seus animais se sintam bem-vindos e confortáveis durante a estadia. Não garanto que seja uma taça de Chocapic com cerveja, mas a avaliar pela nossa experiência, será seguramente um miminho bom.

Os preços da estadia do NAU Salgados Palm Village começam nos 170€  por noite. As reservas podem ser feitas online.

Carregue na galeria para ver mais imagens do resort.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT