Turismos Rurais e Hotéis

Este simples quarto no Douro é perfeito para uma escapadinha na tempestade

A Casa Romântica é a estrela do enoturismo da Quinta do Ventozelo, inaugurado em 2019, numa das quintas mais antigas da região.
A cama é enorme e a vista soberba

Aquela a que hoje chamam Casa Romântica foi, em tempos, um abrigo rural de fachada rochosa. Foi também casa de Emanuel Ferraz, jardineiro da Quinta de Ventozelo que ali celebrou a sua lua de mel — e que se tornou pai de dois filhos. Na hora de escolher o nome, ninguém teve dúvidas.

“Achámos que era interessante dar ao edifício o nome de Casa Romântica (…) Decidimos o nome antes mesmo do projeto ser feito. Depois, a decoração e o trabalho do arquiteto já foi um bocadinho a pensar nisso”, explica à NiT João Paulo Magalhães, diretor do enoturismo da quinta do Douro, inaugurado no final de 2019.

A pequenez da velha casa tornava complicado manter o romantismo num turismo rural que se pretendia moderno. Foi preciso ir além da fachada rústica, por isso criou-se um avançado que serviria de quarto. Janelas amplas, ambiente luminoso e vista sobre o olival e a vinha.

O ar ferrugento do aço corten contrasta com a fachada da antiga casa do jardineiro. No interior, um quarto suíte com 46 metros quadrados. No lado recuperado fica a casa de banho, de linhas simples, mas a única da unidade com direito a um duche e a uma banheira.

Do outro, o quarto de área generosa e paredes bordeaux, onde se instalou uma cama de dois por dois metros, diretamente a mercê das janelas de grandes dimensões. E lá fora há espaço para um terraço privativo com um duche para os dias mais quentes. No telhado esconde-se ainda um pequeno jardim.

Apesar da confiança no projeto e nos diferentes tipos de alojamento — são sete, no total —, o diretor da Quinta de Ventozelo confessa que não esperava que a Casa Romântica se tornasse no edifício mais alugado do empreendimento.

Todos os alojamentos e diferentes serviços da quinta, como a receção ou o restaurante, estão fisicamente separados, mas a uma curta distância a pé uns dos outros. “Uma sorte por estes tempos”, confessa João Paulo Magalhães.

É o único com duche e banheira

Apesar de ser uma das quintas mais antigas da região, é também uma das mais recentes a apostar no enoturismo, num projeto que inclui não só diversos tipos de alojamento e até uma casa com sete quartos. Existe ainda um restaurante e wine bar, uma mercearia e até um centro interpretativo sobre o Douro.

Em caso de uma escapadinha motivada por uma necessidade urgente de encontrar um refúgio no meio do regresso do mau tempo, fique a saber que os preços da estadia na Casa Romântica variam entre os 175€ na época baixa e 275€ na época alta.

FICHA TÉCNICA

ESTILO
turismo rural
PREÇO MÉDIO
Mais de 200€
AMBIENTE
wine house

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT