Turismos Rurais e Hotéis

Fomos conhecer o hotel com as melhores vistas sobre o mar e a Baía de Cascais

Visitámos o InterContinental Cascais Estoril, o hotel de cinco estrelas onde a piscina e a banheira têm vista para o mar.
Tem vista para a piscina e para o mar.

O sol não estava demasiado forte, as nuvens cobriam o céu e o tempo estava agradável quando chegámos ao InterContinental Cascais Estoril, o hotel de cinco estrelas situado na Baía de Cascais. Nem demasiado calor, nem muito frio: o tempo perfeito para aproveitar a tranquilidade da baía junto à incrível piscina que faz sucesso nas redes sociais.

Quem passa por lá de carro até pode nem perceber a dimensão e o glamour do espaço, mas a experiência começa assim que encontramos o primeiro colaborador que nos recebeu com um sorriso no rosto e se ofereceu para estacionar o carro no parque de estacionamento próprio. Assim que as portas do elevador se abrem, percebemos que não estamos num hotel qualquer.

Entramos num mundo de elegância que começa logo no lobby, com detalhes e apontamentos que não passam despercebidos aos olhos de ninguém, como os vários jarros com plantas ou os sofás que decoram a entrada principal. Mas ainda estávamos longe de descobrir o verdadeiro tesouro do InterContinental Cascais Estoril, aberto há cerca de sete anos.

O hotel tem apenas três pisos — sendo que o resto do edifício são residências — e dispõe de 59 quartos que têm vindo a ser remodelados desde o início da pandemia. O objetivo é ir fazendo pequenas alterações e, até ao momento, já incluíram novas cadeiras, mesas, sofás com espaço para esticar os pés, almofadas de decoração e alcatifas que destacam ainda mais a beleza dos alojamentos, com um design moderno e decoração contemporânea. 

Todos têm vista para a baía de Cascais e para o Atlântico e assim que abrimos a porta do quarto Premium, onde ficámos hospedados durante uma noite, o azul do mar invadiu completamente o espaço e convidou-nos a entrar na enorme varanda privativa. A vista para a piscina e para o mar é, sem dúvida, o cartão postal do Intercontinental. 

A piscina está separada da marginal apenas pela estação de comboios, com uma paragem mesmo à frente do hotel, o que pode ser incomodativo para os hóspedes que preferem o silêncio. Ainda assim, o ruído dos comboios mal se ouve — a não ser que esteja na piscina — e durante a noite até me esqueci completamente que existiam.

Depois de uns minutos na varanda, regressámos finalmente à realidade e fomos descobrir os segredos que se escondiam no interior do quarto. Encontrámos um mini-bar com várias bebidas disponíveis, uma máquina de café Nespresso, tábua de engomar, robes e pantufas, mas a grande surpresa foi a casa de banho, que estava separada do quarto por uma parede de vidro.

Quando descobri que a banheira tinha vista para o quarto e para o azul do mar, parecia uma criança que tinha acabado de receber o melhor presente de Natal de sempre. Além da varanda, é possivelmente um dos destaques do InterContinental, já que todos os hóspedes podem ter a experiência de tomar banho com vista para o mar. Para os que possam achar intrusivo, também não há problema: é só usar os painéis de correr.

Igualmente incrível é o duche. E o que faz ser assim tão incrível, perguntam vocês? Pois bem, a resposta é simples: tem cromoterapia. Dá para mudar a luz do duche consoante as preferências dos hóspedes e o impacto é ainda maior à noite. Dizem que diferentes cores podem impactar de forma diferente cada pessoa, seja para ter mais energia ou estar mais relaxada. Se for indeciso como eu e não conseguir escolher apenas uma cor, há uma opção onde as luzes estão sempre a mudar e passam por todas as cores disponíveis.

Ao contrário do que costumamos ver nas casas de banho de outros hotéis, há cerca de uma semana que o InterContinental deixou de ter aquelas amenities individuais que os hóspedes adoram levar para casa. Em contrapartida, colocaram o gel de banho, o shampoo e amaciador em frascos maiores para ajudar a reduzir o plástico e que acabam por durar muito mais tempo.

Ainda antes de conhecermos a piscina, fomos dar uma vista de olhos ao spa, que fica no segundo piso. Desde a pandemia que esta zona de relaxamento é gerida pelo próprio hotel, que fez uma parceria com a marca francesa L’Occitane. Nesta área há um cabeleireiro que está sempre em funcionamento, quatro salas de tratamentos, balneários, uma zona de sauna, banho turco e uma piscina interior que é bastante utilizada no inverno. 

Apesar da atratividade desta, não conseguimos adiar mais o inevitável: um mergulho na incrível piscina exterior com vista para o mar. O facto do hotel só ter 59 quartos e não receber tantos hóspedes como outros de maior dimensão faz com que não exista grande confusão na zona da piscina, que reabriu no dia 1 de junho. Éramos só nós e o som do mar, pelo que conseguimos aproveitar a experiência da melhor forma. 

Quando nos deitamos nas espreguiçadeiras para apanhar sol percebemos que, em cima da mesa, existia um botão onde podíamos chamar um dos colaboradores para pedir uma bebida do Ocean Spot Pool Bar, que reabriu juntamente com a piscina. O QR code com a nova carta também está na mesa, portanto, mais prático que isto é impossível. O menu do bar da piscina traz algumas novidades para este verão e é composto por uma enorme seleção de bebidas, como sumos naturais, smoothies, vinhos, espumantes e os clássicos cocktails (Mojito, Singapura Sling ou Margarita).

O Ocean Spot Pool Bar não é, no entanto, o único espaço onde se pode comer e beber no hotel. No terceiro piso está o restaurante Bago du Vin e foi lá que decidimos jantar no primeiro dia, conquistados pelas mais de 100 referências de vinhos nacionais e internacionais. O conceito do restaurante anda à volta do queijo, vinhos e enchidos e até têm uma máquina incrível onde cortam o queijo para as tábuas personalizadas. 

Em relação à carta, o Bago du Vin tem pratos de carne e peixe, massas e hambúrgueres e também funciona como bar. O peixe galo com couve-flor e espinafres e o bacalhau à brás desconstruído foram os pratos que mais nos chamaram a atenção e não ficámos desiludidos.

O grande destaque do restaurante é, sem dúvida, o terraço com vista para a piscina e para o mar, perfeito para as noites de verão. Se por acaso sentir frio, é possível pedir para fechar as janelas ou ligar o aquecimento. 

Uma estadia num hotel não fica completa sem o tão esperado pequeno-almoço buffet onde comemos um pouco de tudo, mesmo que a barriga já não aguente mais. É exatamente no mesmo sítio onde nos serviram o jantar que tomámos a primeira refeição do dia. Numa das salas estava uma enorme mesa preenchida com vários tipos de pão, queijo, cereais, fruta e bolos. 

Já os pratos quentes e as bebidas são servidas à mesa. Entre as opções há ovos mexidos, estrelados ou benedict, bacon e salsichas. Tudo aquilo que esperamos encontrar num hotel de cinco estrelas. 

Ainda antes de deixarmos para trás este mundo de elegância e voltarmos ao mundo real, não podíamos ir embora sem almoçar no Ocean Spot Pool Bar. O espaço estava a ser remodelado e pintado, pelo que não conseguimos ir entrar, mas estava uma mesa à nossa espera do lado de fora para a última refeição. 

A carta não tem muitas opções e os pratos que existem são mais leves comparados com aqueles que foram servidos ao jantar, o que até faz sentido por estar ao lado da piscina. Há pratos para quem procura uma refeição mais saudável, como a salada César de frango ou a salada com tataki de atum, que estava incrível. 

A estadia no InterContinental Cascais Estoril foi uma agradável surpresa, não só pelos quartos espaçosos — o mais “pequeno” tem 40 metros quadrados — ou a piscina exterior, como pela simpatia dos colaboradores, desde a receção ao restaurante. É o spot ideal para uma escapadinha, principalmente nas férias de verão, até porque a localização permite ir até ao centro de Cascais em minutos, seja de carro ou a pé. 

A unidade hoteleira preparou um pack especial para o verão, o “Summer of Wonder”, que inclui alojamento, pequeno-almoço para duas pessoas e um resort credit para o Ocean Spot de 30€ por pessoa. Os preços por quarto começam nos 320€ por noite. As reservas podem ser feitas através do email liset.reservations@nullihg.com ou do número de telefone 218 291 100.

De seguida, carregue na galeria para ver mais imagens deste incrível hotel de cinco estrelas.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Av. Marginal, 8023,
    2765-249 Estoril
ESTILO
hotel
PREÇO MÉDIO
Entre 100€ e 200€
AMBIENTE
urbano

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT