Turismos Rurais e Hotéis

Herdade da Ordem: o refúgio alentejano onde pode descansar (e casar) em plena natureza

O turismo rural abriu a 15 de julho e também organiza eventos como casamentos, batizados e aniversários.
Abriu a 15 de julho.

É em Cabeço de Vide, no município de Fronteira, no Alentejo, que se ergue o novo turismo rural e espaço para casamentos e batizados: a Herdade da Ordem. Outrora pertencente à Ordem de Avis, a propriedade foi adquirida pela família dos atuais proprietários em 1890. 

A casa principal foi mandada construir em 1930 e poucas alterações sofreu até 2003, ano em que foi alvo de obras profundas para ser explorada com turismo rural. Entretanto, passaram-se anos e o projeto turístico acabou por ficar sem efeito, tendo a casa sido utilizada maioritariamente para uso exclusivo da família — até chegar o casal Joana Arriaga, de 29 anos, e Giovanni Pellegrino, de 38.

Joana é a neta da atual proprietária e estudou Gestão Hoteleira durante mais de 10 anos, onde adquiriu experiência pelo mundo fora. Numa dessas jornadas conheceu o marido, o italiano Giovanni, um chef que começou a cozinhar aos 14 anos na pizzaria da família. Trabalharam em países como Malta e Nova Zelândia e decidiram regressar a Portugal na altura da pandemia. Começaram a trabalhar em Lisboa, ela como gerente no restaurante Mano a Mano, ele como chef de cozinha. Na altura do confinamento, passaram três meses na Herdade da Ordem — e foi aí que nasceu um novo sonho.

A Herdade da Ordem era uma casa de família onde acabámos por casar no ano passado. Quando casámos, percebemos que a casa tinha imenso potencial e que estava a ser desperdiçada. Entre pandemia e casamento, tivemos várias ideias e decidimos mudar-nos para o Alentejo para começar um negócio”, começa por contar à NiT Joana Arriaga. 

Abertos oficialmente desde o dia 15 de julho, este é um projeto com foco na sustentabilidade e com objetivo de mostrar a todos os hóspedes “formas de respeitarem os animais e a natureza”. Mais do que ter menor pegada ambiental possível, também se pretende fomentar o espírito de entreajuda, cooperação e apoio à comunidade local.

“Fomos nós que fizemos as remodelações. Tivemos de mudar as retretes porque já estavam velhas, pintar as paredes dos quartos, refazer o chão todo da piscina e recuperar o galinheiro para poder voltar a ter galinhas”, revela a responsável. No interior também fizeram renovações profundas e reutilizaram alguns móveis, conjugando características rústicas e modernas. “A ideia foi dar um novo brilho, mas sem nunca tirar a essência de casa do campo.”

Tudo isto foi feito com a ajuda de um casal amigo. Marta Mendes foi colega e Joana no curso de Gestão Hoteleira e conta com um currículo extenso nas áreas de alojamento, restauração e eventos. O marido Johannes Pöschl estudou Ciências do Desporto e, através deste projeto, deu asas à criatividade com vários trabalhos em madeira.

A Herdade da Ordem é constituída por 270 hectares de exploração agropecuária, enquanto que à casa de campo estão destinados mais cinco hectares. No edifício principal encontra seis quartos duplos com casa de banho privativa, uma sala comum enorme com uma lareira de pé alentejana, uma sala de pequenos-almoços e um terraço para relaxar ao ar livre.

A casa também dispõe de uma cozinha, mas não é para uso dos hóspedes. Quem trabalha nesta divisão é o chef Giovanni, onde prepara incríveis pequenos-almoços (e pode também servir almoços e jantares), onde mistura gastronomia italiana com a portuguesa recorrendo a ingredientes produzidos na quinta ou pela comunidade local.

Na primeira refeição do dia, por exemplo, servem bruschettas com tomates da horta. O requeijão é feito com o leite das ovelhas e o sumo a partir das laranjas e melancias da herdade. “Também valorizamos muito os produtores locais. A dona Fátima, por exemplo, também produz queijo e usamos os produtos dela para o pequeno-almoço. Tentamos viver muito em comunidade”, revela Joana.

Na propriedade os hóspedes dispõem ainda de uma piscina e de uma área de piquenique onde podem fazer refeições ao ar livre. Durante a estadia, irá descobrir as galinhas, ovelhas e cães que habitam na propriedade. A Herdade da Ordem também disponibiliza serviço de babysitter, caso os pais queiram ir jantar fora sem os miúdos.

Além dos seis quartos onde pode pernoitar (desde 100€ por noite), também pode celebrar um casamento, batizado ou aniversário na Herdade da Ordem. Junto à casa principal há uma sala enorme que dá para 70 pessoas e, nos dias dos grandes eventos, a área exterior, à volta da piscina, enche-se de mesas e na relva é instalado um palco.

De seguida, carregue na galeria para ficar a conhecer melhor a Herdade da Ordem.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Herdade da Ordem, Estrada Nacional 369 Km 33
    7460-050  Portalegre
ESTILO
turismo rural
PREÇO MÉDIO
Entre 50€ e 100€
AMBIENTE
rural

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT