Turismos Rurais e Hotéis

Hotéis Hilton vão deixar de ter serviço de limpeza diária dos quartos

Uma das maiores cadeias do mundo vai espaçar os serviços a cinco dias, em prol do ambiente — e da economia.
Mudanças à vista.

Quando viajamos ou nos instalamos num hotel, uma das coisas que mais apreciamos é saber que, durante uns dias, não precisamos de fazer nada: tudo aparecerá limpo, impecável, às vezes no tempo em que demorarmos a tomar o pequeno almoço — um sonho. Mas esse serviço de limpeza diária ou constante do quarto pode ter consequências para o ambiente e, em tempos de crise ambiental, e também de certa forma financeira, surgem novas medidas.

A rede de hotéis Hilton anunciou este mês uma mudança inesperada: espaçar o seu serviço de limpeza de quartos, nos hotéis da cadeia, em cinco dias, a menos que o cliente solicite a versão diária expressamente à chegada ao hotel.

De acordo com o jornal espanhol “Marca“, a Hilton tem cerca de 6.500 unidades em todo o mundo e acredita que a sua decisão se poderá traduzir numa significativa poupança económica, bem como em benefícios para o meio ambiente. 

A empresa hoteleira baseia a sua decisão no facto de se tratar de um serviço “pouco requisitado”, mas os hóspedes podem solicitá-lo na receção no início da estadia . Caso não haja solicitação expressa do cliente, a limpeza é feita a cada cinco dias.

No entanto, os sindicatos estão contra a medida e alertam para a gigante perda de empregos que ela acarretará. De acordo com o jornal, um dos sindicados nos Estados Unidos já tem mesmo feito manifestações nas portas dos hotéis da rede Hilton, havendo pedidos noutros países para que a entidade não avance com a mudança.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT