Turismos Rurais e Hotéis

Hubertus: o hotel com a piscina infinita mais espetacular da Europa

Fica nas Dolomitas, a cadeia montanhosa dos Alpes italianos. Quatro noites numa suite custa cerca de 1200 euros.
Um sonho na terra.

Há piscinas infinitas com vistas soberbas. E depois há o pedaço de terra a tocar o céu que é a piscina do Hotel Hubertus, um espaço nas Dolomitas, a bonita cadeia montanhosa dos Alpes orientais no norte da Itália.

O hotel é um espaço único em que cada recanto aponta para as nuvens O último piso do edifício é um gigante terraço; todos os quartos possuem varanda com vista para o vale; o spa com banheiras de hidromassagem e saunas têm vista sobre os Alpes; e até as máquinas do ginásios estão orientadas para as montanhas Vedrette di Ries.

O Hubertus tem ainda uma piscina interior, bem como outras piscinas (são seis no total). Mas o cartão de apresentação principal é a sky pool, uma estrutura com 25 metros de comprimento, que se encontra a 20 metros de altitude. Além da vista única, tem um espaço no meio da piscina de vidro para poder ver tudo o que se passa lá em baixo durante o mergulho. 

Vai um mergulho?

É o spot perfeito para o verão mas também para o inverno, quando a neve pinta as verdes montanhas de branco. A bonita localidade de Valdaora está a apenas cinco minutos de carro e o próprio hotel inclui transporte gratuito de ski para a moderna estância próxima de Plan de Corones.

Ninguém quer sair dali

Em meados dos anos 1990 o hotel era ainda um espaço de alojamento simples de duas estrelas. O casal Gasser tomou conta do hotel e ao longo das duas décadas seguintes foi acrescentando novos serviços e melhorias enquanto os filhos cresciam. A atual configuração data de 2016. O espaço é agora de quatro estrelas e um negócio desta família de quatro.

Ao explorar o espaço em plataformas como a Booking, não é só a classificação altíssima que se destaca, são também os comentários de quem por lá ficou. Alguns hóspedes confessam que até tinham planos para fazer mais na zona, mas que acabaram por passar a estadia inteira no hotel.

Olhando para as imagens é fácil de perceber a tentação. Este é o tipo de lugar de onde ninguém quer sair. Ainda assim, a zona italiana dos Alpes merece a visita, com algumas zonas a justificarem mesmo o aluguer de um 4×4 para a explorar devidamente.

À mesa, a cozinha italiana está em destaque e a garrafeira é variada e rica em regiões italianas. Ao pequeno-almoço, o leite e as comportas que integram o buffet são feitas ali mesmo naquela zona dos Alpes.

Se quiser marcar as férias por aqui, saiba que há todo um formulário (sem compromisso) que pode preencher no site do hotel para conhecer os preços e datas disponíveis. Há suites a partir de 200€. Através de plataformas online, as reservas disponíveis (e nesta altura só para outubro) assumem opções de quatro noites. Há, por exemplo, suites a partir de 1.200€ para as quatro noites.

O aeroporto mais próximo é o regional em Bolzano, a 90 quilómetros do hotel (que vai buscar gratuitamente os hóspedes). Tem vários aeroportos a poucas centenas de quilómetros das Dolomitas mas a opção mais fácil a partir de Lisboa será voar diretamente para Berlim (há voos a partir de 100€ com bagagem), onde há ligação a Bolzano. Pode também voar para Innsbruck, na Áustria (a partir de 275€ de Lisboa). Daí um serviço de car rental poderá ser a melhor solução.

Os Alpes também têm linhas férreas para fazer a viagem de comboio. São linhas mais regionais. O hotel pode ir buscá-lo à estação de Olang, por exemplo. E claro que existe sempre a possibilidade de fazer a viagem de carro. São quase 2.500 quilómetros de viagem mas é uma aventura que passa por alguns dos locais mais bonitos da Europa.  

Até lá, carregue na galeria para conhecer melhor este hotel extraordinário nos Alpes italianos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT