Turismos Rurais e Hotéis

Já pode dormir numa incrível cúpula suspensa no ar por 80€ na Quinta do Abacate

O Cocoon fica a três metros de altura do solo o acesso é feito por uma pequena ponte. Poderá adormecer a olhar para o céu.
É tudo muito sustentável.

Esqueça os hotéis tradicionais e os alojamentos locais. Se procura uma experiência verdadeiramente diferente, há um glamping em Angra do Heroísmo, nos Açores, único em Portugal. 

Casas sustentáveis, bolhas insufladas e cúpulas em terra ou suspensas no ar, são alguns dos espaços inovadores onde poderá dormir na Quinta do Abacate. Um destino perfeito para acampar com elegância, conforto e, acima de tudo, de forma sustentável. É esse o mote do projeto do casal açoriano Joana Azera, de 34 anos, e Frederico Ferreira, de 43.

Ele é treinador desportivo de natação e kickboxing, ela é enfermeira. Nenhum dos dois estava ligado à área do turismo e, ainda assim, fizeram nascer um parque de campismo rural assente nos princípios de autossustentabilidade e da permacultura. Ambientalmente responsáveis, o principal objetivo do casal é que o conceito seja o mais sustentável possível e passar esta mensagem ecológica a todos aqueles que passam pelos Açores. 

“Tudo começou com a casa principal, onde atualmente servimos os pequenos-almoços. Foi inspirada nas casas auto-sustentáveis. Produzimos energia elétrica e usamos aquilo que consumimos”, começa por contar à NiT Joana Azera. 

A organização do empreendimento foi pensada de forma a que, a longo prazo, alcance o patamar dos zero resíduos. Todos os recursos — inclusive as águas residuais e da chuva — são reaproveitados e ganham uma nova vida. O objetivo é criar um ecossistema “onde prosperam tanto a natureza como os humanos”.

A ideia surgiu em 2015 e começou a ganhar forma quando o casal concorreu ao Concurso Regional de Empreendedorismo nos Açores, onde apresentaram um projeto inovador que respondia às necessidades do mercado.

“A ideia inicial só tinha uma casa, mas chamaram-nos a atenção para o facto de que só com uma não seria sustentável. Precisávamos de alargar o negócio”, diz. Com isso em mente, o Joana e Frederico viajaram pelo mundo à procura de inspiração e regressaram a Portugal cheios de ideias.

A partir da casa inicial, o projeto cresceu e surgiram bolhas insufladas, cúpulas e o grande protagonista da Quinta do Abacate: o Cocoon. 

Depois de um dia inteiro a explorar a maravilhosa ilha Terceira, não há nada melhor do que terminar a noite numa estrutura geodésica suspensa no ar enquanto admira o céu noturno da ilha. A três metros de altura do solo, o Cocoon é uma espécie de cúpula que recebe energia elétrica apenas através dos painéis solares.

Não tem casa de banho e lá dentro existe apenas uma cama de casal, sendo possível adicionar uma cama extra individual. Para chegar até lá, basta subir por uma pequena ponte de madeira que dá acesso à entrada. Uma noite nesta incrível estrutura suspensa no ar custa 80€. 

Além do Cocoon, a Quinta do Abacate, que está aberta aos hóspedes desde julho do ano passado, tem ainda três bubbles (65€ por noite), três cúpulas (80€ por noite) e três quartos ecológicas (entre 80€ e 100€ por noite). 

Tem ainda a casa ecológica, onde são servidos os pequenos-almoços, e uma piscina de 25 metros, onde os hóspedes podem ter aulas de natação. De seguida, carregue na galeria para descobrir o Cocoon e os outros espaços onde pode dormir na Quinta do Abacate. 

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Canada entre Picos
    9700-567 Angra do Heroísmo
ESTILO
glamping
PREÇO MÉDIO
Entre 50€ e 100€
AMBIENTE
rural

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT