Turismos Rurais e Hotéis

Luxo acessível. As novas villas no Gerês têm jacuzzi privado e piscina aquecida

Os alojamentos integram um aldeamento em Venda Nova, onde alguns jogadores de futebol (como Vítor Baía) já tiveram casas.
Perfeita para o verão.

Quando um médico e um treinador de futebol se juntam, podem criar coisas realmente incríveis. Fábio Fernandes, de 35 anos, e o cunhado, Renato Costa, de 40, são a prova disso. Embora tenham profissões muito distintas, têm um projeto em comum: transformam casas em alojamentos locais. Começaram no sul do País, em Albufeira, e, agora, chegaram ao Gerês.

“A vida no mundo do futebol e da medicina são muito diferentes, mas havia algo que nos apaixona a ambos, a recuperação e o alojamento imobiliários. Sempre foi algo que nos despertou interesse e que passávamos horas infindáveis a trocar ideias e visões”, começa por contar à NiT o nortenho Fábio Fernandes. Em 2020, rumaram ao Algarve para abrir aquele que seria o primeiro alojamento local da família.

Deram-lhe o nome de Emblemática, um apelido que acabaram por manter nos projetos seguintes. Ainda no mesmo ano, Fábio, o cunhado e o sogro, Aires Costa, decidiram investir no norte do País, uma zona que já conheciam bastante bem e onde chegaram a passar férias durante o verão — o Gerês. Encontraram duas villas que serviam perfeitamente para o propósito, com uma vista incrível sobre a albufeira e as montanhas circundantes, na freguesia de Venda Nova, no concelho de Montalegre.

“Trata-se de um aldeamento num local paradisíaco onde quem compra aqui casa procura refúgio e privacidade, envolto numa natureza sem fim. Um lugar encantado e ainda por descobrir. Surgiu-nos a oportunidade de ficar com duas moradias para aluguer e, também, para usufruirmos um pouco desta zona que nos apaixonou”, explica. No fundo, acabaram por “juntar o negócio ao lazer”.

As Emblemáticas Villas Gerês fazem parte de um aldeamento, onde todas as casas são amarelas, uma cor que não puderam alterar — mas dá-lhes um toque especial. Começaram a receber hóspedes em junho.

“Antes eram de tijolo, mas alterámos tudo, assim como o interior. As características de ambas são idênticas, mas a decoração é ligeiramente diferente, como as cores das bancadas e da cozinha”, diz. Outra diferença diz respeito às pérgulas exteriores: uma fica na lateral e permite almoçar com vista para o rio, enquanto a outra está instalada nas traseiras e possui uma zona de lazer adjacente. 

Ambas as villas são compostas por uma cozinha, uma sala de estar com lareira, outra de bilhar e duas suites com casas de banho, assim como outra de apoio, e dois quartos. As duas estão equipadas com jacuzzis privativos e uma delas tem ainda uma piscina privada aquecida, com vista para a montanha e para o rio. “A piscina aquecida, além do conforto da água, permite um maior convívio entre pais e filhos durante mais tempo, inclusive à noite”, destaca. Cada villa pode receber até oito hóspedes.

As reservas podem ser feitas através do Booking e os valores rondam os 250€ (época baixa) e os 300€ (época alta) por noite. 

A seguir, carregue na galeria para conhecer melhor as novas villas do Gerês.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Travessa do Morgado
    5470-502  Gerês
  • CONTACTOS
ESTILO
alojamento local
PREÇO MÉDIO
Entre 100€ e 200€
AMBIENTE
rio

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT