Turismos Rurais e Hotéis

O novo alojamento no Minho com uma piscina “escondida” entre penedos

Começou a receber hóspedes em abril. Destaca-se pelas formações rochosas únicas que o tornam num "lugar encantador".
Fica em Viana do Castelo.

Fernando Correia e Diana Leitão, de 36 e 34 anos, nunca trabalharam na indústria do turismo — ele é médico e ela farmacêutica —, mas sempre tiveram uma grande paixão pela natureza e pelo mundo do alojamento local. Já tinham uma propriedade para alugar no centro de Viana do Castelo, onde vivem, mas tinham o sonho de criar um espaço exclusivo que proporcionasse aos hóspedes uma “experiência única”.

Há aproximadamente oito anos, o médico estava a ver anúncios de terrenos para venda e descobriu, na freguesia de Serreleis, o local ideal. “Estava completamente coberto de silvas, com duas casas abandonadas, mas tinha uma vista tão bonita e características tão interessantes que decidimos avançar com a compra, ainda sem saber o verdadeiro estado do terreno”, começa por explicar à NiT o casal.

A quinta estava abandonada já há vários anos e chegou a sofrer com um pequeno incêndio que fez arder algumas das árvores. Quando o antigo proprietário procedeu à limpeza do espaço, apareceram “muitas surpresas boas”. 

Quando começaram a explorar o local, depararam-se com a presença de muitos socalcos e vários penedos, formações rochosas que se erguiam como guardiões de um pequeno reino”. Nesse momento, Fernando e Diana decidiram o nome que dariam ao futuro alojamento.

O topónimo “Serreleis” tem as suas raízes nas antigas palavras latinas “sella”, que significa cadeira, assento ou sede; e “regis”, o genitivo de “rex”, ou seja, do rei. “A combinação de palavras evoca a imagem majestosa e imponente de um trono real, o lugar onde o poder reside”, explicam.

Como o terreno é pontilhado por várias formações rochosas — onde as pessoas podem sentar-se a apreciar a vista privilegiada, “digna de um rei” — deram-lhe o nome de Quinta do Penedo Real.  “Queremos que todos os que chegam se sintam como verdadeiros nobres, envolvidos pela atmosfera única deste lugar encantador”, sublinham.

Inicialmente, tencionavam construir ali um novo lar. No entanto, à medida que as obras avançavam, há cerca de dois anos, decidiram alterar o conceito para um turismo rural com duas casas de pedra, datadas de 1868, que abriram ao público em abril. Atualmente, apenas uma das unidades está disponível para alugar, uma vez que a habitação do casal continua a ser construída no terreno adjacente e estão temporariamente instalados no segundo edifício.

As renovações foram extensas, uma vez que procuraram preservar a identidade do espaço. “O arquiteto fez um trabalho notável, adicionando algumas colunas de pedra para se adaptarem à paisagem da região”, destacam. Além disso, conseguiu criar um espelho de água entre os penedos que decidiram manter.

Uma das características mais marcantes deste “refúgio encantado” é, precisamente, a piscina localizada entre as rochas, escavada numa delas — onde a temperatura da água pode atingir os 25 graus.

A casa disponível para alugar tem dois quartos, uma sala, uma cozinha totalmente equipada, uma casa de banho e um alpendre. A combinação de rusticidade com modernidade faz dela “uma estadia memorável”, assim como as vistas panorâmicas sobre a cidade de Viana e o rio Lima.

Com 5.800 metros quadrados de área verde para explorar, “cada recanto é um convite para explorar e recarregar energias”. Além da piscina única, existe uma área com vários carvalhos que tornam a paisagem envolvente ainda mais bonita. Os hóspedes também podem fazer piqueniques no pequeno bosque adjacente, ou aproveitar as cadeiras exteriores que oferecem vistas diferentes.

A casa tem capacidade para acomodar cinco pessoas e os preços da estadia rondam os 70 e os 200€ por noite, dependendo da época. As reservas podem ser feitas online.

Carregue na galeria para ver mais imagens do novo alojamento de Viana do Castelo.

 

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Marções
    4925-594  Viana do Castelo
ESTILO
turismo rural
PREÇO MÉDIO
Entre 100€ e 200€
AMBIENTE
rural

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT